Página Inicial  > Organização empresarial
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Organização empresarial

Provided by My Own Business, Content Partner for the SME Toolkit

Nesta secção, trataremos de três decisões que todo o empreendedor deve tomar:

  1. Quando iniciar um negócio sozinho ou com um sócio.
  2. Que tipo de organização empresarial usar para o negócio: propriedade, sociedade, corporação ou companhia de responsabilidade limitada.
  3. Que consultores profissionais seleccionar?

[Voltar ao início]

Deve ter um sócio?

Depoimento
B.J. Adelson
Advogado
"Se recebe um conselho de um profissional, escute-o. Ele provavelmente sabe mais ".
Transcrição – html

É melhor tomar a sua decisão quanto a ter um sócio efectuando uma lista de pontos "a favor" e "contra". Os motivos mais comuns para se associar a outra pessoa para começar o negócio são:

  • Um número maior traz mais segurança. Noutras palavras, são duas cabeças em vez de uma, para pensar e tomar decisões.
  • Não precisa de estar sempre na empresa. Há mais alguém para dividir a carga e permitir que tire férias ou adoeça.
  • Também tem um colega de trabalho altamente motivado e não apenas alguém à espera de seu pagamento.
  • Os sócios também são uma vantagem quando possuem capacidades complementares.
  • Pode ser necessário ter um sócio para contribuir com capital e dividir o risco quando as coisas não saírem conforme o planificado.

Alguns dos argumentos contra ter um sócio são:

  • Tem de dividir a remuneração se o negócio for bem-sucedido.
  • Perde o controlo total sobre o negócio, particularmente, se os dois tiverem dificuldades em tomar decisões.
  • Tem de dividir o reconhecimento que advirá se o negócio for bem-sucedido.
  • Um sócio pode ser um desastre se a sua avaliação não for boa.
  • Corre o risco de ser ludibriado e talvez seja necessário que um sócio compre a parte do outro se alguém desistir.

Algumas coisas a considerar para decidir se determinada pessoa será um bom sócio serão se s têm hábitos de trabalho parecidos, objectivos similares sobre o modo de condução do negócio e se os pontos fortes dos dois são semelhantes ou complementares. Por exemplo, capacidades diferentes permitem que distribuam a carga de trabalho e consigam cobrir melhor os problemas.

Capacidades diferentes podem permitir que cada sócio vete as decisões importantes nas suas respectivas áreas de especialização para ajudar a manter a estabilidade e a eliminar conflitos. Finalmente, pode ser conveniente avaliar se deve haver um contrato de compra e venda para a eventualidade de um desacordo e como o comprador irá pagar pela parte do negócio que está a comprar (e se o contrato de compra e venda deve ser coberto por um seguro, para a eventualidade da morte de um sócio).

+[Voltar ao início]

Que tipo de organização empresarial é melhor para si ?

Depoimento
Gary Hobday
Secured Retirement, Inc.
"Cuidar da futura reforma é muito importante".
Transcrição – html

Quer esteja sozinho ou tenha um sócio no seu empreendimento, é melhor consultar um advogado para determinar a forma de organização empresarial mais adequada para si. As suas opções e os atributos de cada forma são, em essência, os seguintes:

  • Uma empresa individual é uma pessoa sozinha. Tem uma responsabilidade ilimitada por todas as dívidas da empresa, cujo rendimento ou perda será reportado na sua declaração pessoal de imposto obre o rendimento, além de todos os outros rendimentos ou despesas declarados normalmente (embora recaindo numa tabela distinta). Ser o único proprietário evita as despesas da formação de sociedade ou empresa, no entanto, muitas empresas começam assim por desconhecer outras formas de organização.
  • Numa sociedade em nome colectivo, cada um dos dois ou mais sócios tem responsabilidade ilimitada por todas as dívidas da empresa. O rendimento e as despesas são declaradas numa declaração separada para fins fiscais, mas cada sócio deve declarar proporcionalmente a sua parte do lucro ou prejuízo da empresa numa linha da sua própria declaração de imposto sobre o rendimento .
  • Numa sociedade em comandita, cada um dos sócios solidários têm responsabilidade ilimitada por todas as dívidas da sociedade, mas a exposição do sócio em comandita às dívidas da sociedade limita-se à contribuição feita por cada um à sociedade. Com algumas pequenas excepções, o sistema de relatórios para fins fiscais é o mesmo da sociedade em nome coletivo.
  • Uma empresa propicia responsabilidade limitada aos investidores. Salvo pelas indicações a seguir, nenhum dos accionistas de uma empresa fica sujeito às dívidas da corporação; os credores podem exigir apenas os activos da empresa como pagamento. A empresa entrega a sua própria declaração de imposto sobre o rendimento e paga-a. Se a empresa distribuir parte dos seus lucros na forma de dividendos, estes não serão deduzidos no cálculo dos seus impostos, mas os accionistas contemplados deverão pagar os impostos sobre esses dividendos, ainda que a empresa tenha pago impostos sobre os seus lucros. Uma empresa possui alguns benefícios fiscais, como a dedução de prémios de seguro de saúde.
  • Uma empresa que tenha realizado uma votação para se tornar uma empresa "S" para fins de imposto sobre o rendimento é tratada, para fins fiscais, como sociedade, embora seja considerada uma empresa normal para outros fins.
  • Uma empresa de responsabilidade limitada propicia responsabilidade limitada a todos os seus membros, mas, normalmente, pode ser tratada como sociedade para fins de imposto sobre o rendimento . Leis estaduais podem diferir quanto ao tratamento da sociedade ou empresa para fins de imposto sobre o rendimento. Pode ser gerida por todos os membros ou ter uma gestão centralizada num ou mais de seus membros.

Obviamente, existem variações destas regras e, portanto, seu advogado e/ou contabilista deve ser consultado em cada caso específico para determinar a melhor forma de organização para as suas necessidades.

Uma das coisas a considerar na decisão é que, embora uma corporação tenha responsabilidade limitada para seus accionistas, se não tiver activos suficientes, os vários credores podem insistir em obter garantias pessoais dos accionistas. Exemplos: o seu proprietário, alguns fornecedores e, por lei, a responsabilidade por certos impostos em relação à folha de salários e por funcionários.

[Voltar ao início]

Leis que podem afectar o seu negócio

Existem muitas leis aplicáveis a proprietários de empresas de pequena dimensão. É melhor consultar profissionais para determinar as leis que se aplicarão ao seu negócio, que autorizações serão necessárias para dar início ao negócio e onde deve dirigir-se para cumprir as diversas normas. O seu advogado deve ser capaz de auxiliá-lo a cumprir as leis laborais, como regulamentos para empregar menores de idade, estrangeiros ilegais e segurança no local de trabalho. O seu contabilista deve auxiliá-lo a preencher:

  • Declarações de imposto sobre o rendimento
  • Declarações de imposto sobre franqueamento
  • Declaração de impostos laborais
  • A época para o pagamento de impostos retidos e da parte do empregador dos impostos laborais
  • Declarações e pagamento de seguro-desemprego
  • Declarações e pagamentos de impostos sobre vendas

O seu advogado deve auxiliá-lo com as exigências de licenças comerciais, inclusive licenças especiais para negócios particulares, bem como com códigos de edificação e licenças de obras e leis de zonemento, exigências de departamentos sanitários e leis ambientais.

[Voltar ao início]

Como é que os seus profissionais podem ajudá-lo?

O seu advogado

Além dos itens já mencionados, o seu advogado deve redigir o seu contrato de sociedade ou formar sua empresa, incluindo a emissão de acções e a documentação apropriada para a Secretaria de Estado e o Departamento de Sociedades. Poderá aconselhá-lo sobre a melhor forma de propriedade, auxiliá-lo nas negociações para a compra de uma empresa existente e examinar documentos, caso esteja a adquirir uma franquia. Também irá aconselhá-lo sobre contratos de compra e venda e redigirá os documentos apropriados.

Se o seu negócio exigir o arrendamento de um escritório, loja ou fábrica, o seu advogado deverá examinar e aprovar o documento de arrendamento. Uma obrigação perante um arrendamento pode constituir a sua maior responsabilidade, e o seu advogado pode ajudar a negociar os termos justos e proteccionistas. Por exemplo, se prevê um crescimento, o seu arrendamento deve incluir uma provisão sobre como as necessidades de expansão serão tratadas.

O seu novo negócio pode exigir consultoria jurídica especializada para estabelecer e proteger os seus direitos de propriedade intelectual. A propriedade intelectual compreende os seus direitos de propriedade sobre o nome da empresa, marcas comerciais, direitos de autor e patentes. A lei de propriedade intelectual é um campo especializado, podendo ser necessário um advogado especialista nestes assuntos.

O seu contabilista

O seu contabilista pode ser um conselheiro importante nas decisões para o início do negócio, como:

  • Decidir qual a divisão apropriada do capital com que deve contribuir para a sociedade, entre acções e empréstimos
  • Determinar a melhor forma de propriedade
  • Ajudar a estabelecer os livros e registos da empresa
  • Aconselhar sobre necessidades informáticas para fins contabilísticos.

Ele terá um papel contínuo a desempenhar no preenchimento de declarações de impostos, aconselhamento sobre a remuneração dos proprietários, preparação de demonstrações financeiras, ajudando na previsão de necessidades de caixa, incluindo quanto a expandir, contratando mais funcionários e determinando se está realmente a ganhar dinheiro no empreendimento.

O seu prestador de serviços de folha de salários

"Prestadores de serviços de folha de salários" podem assumir as responsabilidades de um departamento de RH (Recursos humanos). Podem cuidar de:

  • folha de salários, incluindo o depósito de impostos, declarações de impostos sobre a folha de salários e relatórios
  • desenvolvimento de manuais de funcionários
  • assistência em contratações, entrevistando, disciplinando e formando funcionários
  • administração de benefícios
  • administração de seguro-desemprego

O seu gerente de plano de previdência

Como proprietário da empresa, pode participar dos benefícios de planos de previdência de imposto diferido para si e para seus funcionários. Um bom planeamento de previdência irá ajudá-lo a atrair e a manter bons funcionários. Alguns prestadores de serviço de folha de salários já cuidam da gestão de planos de previdência.

Os seus profissionais também podem ser de grande ajuda na formulação de seu planeamento empresarial, aconselhando sobre:

  • a forma de organização apropriada
  • a distribuição de papéis a serem desempenhados por cada sócio, como a proporção de controlo que cada parte terá
  • as áreas pelas quais cada um se responsabilizará e a proporção de propriedade que cada parte terá.

Em caso de aquisição de uma empresa existente, devem aconselhar sobre os termos favoráveis e desfavoráveis do acordo proposto e ajudar a negociar com o vendedor e o seu advogado.

Finalmente, devem aconselhar sobre a sua necessidade de capital, tanto no início do negócio, como no caso de ser necessário capital adicional se a empresa obtiver êxito e decidir expandir

[Voltar ao início]

Actividades sugeridas:

  • Antes de começar, recolha opiniões e referências sobre advogados, contabilistas e agentes de seguro para poder seleccionar os profissionais de consultoria mais adequados muito antes de precisar dos serviços deles. Pode ser que lhe concedam consultas iniciais gratuitas para serem considerados parte de sua equipa de profissionais.

[Voltar ao início]

Plano de negócios para Secção 4: Organização

Recomendamos que faça download do modelo do plano de negócios individual para esta secção Plano de negócios do Documento modelo 4 e preencha-o agora.

Secção 4: Organização e consultores profissionais
Arquivo do Microsoft Word MS Word

Instruções de preenchimento do modelo do plano de negócios:

  1. Cada item tem um título permanente em LETRAS MAIÚSCULAS
  2. Por baixo de cada título, há uma frase que começa com "Insira aqui.". Esta indicará as informações a serem inseridas. As caixas aumentarão à medida que ocupar mais espaço; por isso, use o espaço que precisar.
  3. Depois de preencher cada caixa, exclua a frase "Insira aqui", deixando apenas o título permanente da caixa e as informações que inseriu.

Sugerimos que preencha cada secção do plano de negócios
durante o curso.

Também é possível fazer download do modelo para todas as sessões 1-12 no computador como um único documento:

Secção 1-12: Tudo
Arquivo do Microsoft Word MS Word

Inclua dados de pesquisa e material de suporte suficientes. Torne-o mais interessante utilizando dados de histórico, a sua biografia, tabelas, dados demográficos e informações de pesquisa. Quando o seu plano de negócio estiver concluído, imprima-o e reúna as 12 secções.

Muitos outros formatos de Planos de negócios estão disponíveis em bibliotecas, livrarias e softwares.

[Voltar ao início]

SEÇÃO 4 Questionário: Organização e consultores profissionais

  1. Um proprietário de empresa individual não é pessoalmente responsável pela obrigações de sua empresa.
    1. Verdadeiro
    2. Falso
  1. Em quais das seguintes formas de organização é possível deduzir prémios de seguro de saúde como despesas do negócio?
    1. Uma firma individual
    2. Uma sociedade
    3. Uma empresa
  1. Se estabelecer minha empresa como Soc. Lda. (sociedade de responsabilidade limitada), terei de declarar o meu imposto sobre o rendimento como:
    1. um indivíduo
    2. uma empresa
    3. uma sociedade
  1. O meu cunhado e eu queremos abrir uma pequena loja de conserto de aspiradores de pó como sócios. Queremos manter o custo de investimento baixo. Devemo-nos organizar:
    1. Com um aperto de mão informal
    2. Como uma empresa
    3. Como uma sociedade
  1. Como proprietário de uma empresa, posso colocar parte dos lucros do negócio num plano de reforma isento de impostos para mim.
    1. Verdadeiro
    2. Falso
  1. Um bom motivo para considerar abrir um negócio com um sócio é:
    1. O seu sócio assumirá metade da responsabilidade por todas as obrigações.
    2. Os sócios com capacidades complementares podem aumentar o sucesso de uma empresa.
  1. É uma boa ideia preencher os seus cheques particulares para o pagamento da folha, no início.
    1. Verdadeiro
    2. Falso
  1. "Propriedade intelectual" refere-se a:
    1. O seu conhecimento a respeito do negócio
    • Os activos, excluindo-se os intangíveis
    • Patentes, marcas comerciais e direitos de autor
    1. O documento de arrendamento do seu novo escritório ou loja deve ser examinado pelo seu:
      1. Contabilista
      2. Advogado
      3. Bancário
      4. Agente do proprietário locador
    1. Um contrato de compra e venda societário é, normalmente, financiado pelo:
      1. Seu bancário
      2. Seu advogado
      3. Seguro de vida
      4. Seu contabilista

    Vá para Secção 5: Seguro

    Copyright © 1993, 1997-2014, My Own Business, Inc. All Rights Reserved.
     Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
    ComentáriosAvaliações (0)
    If you are a human, do not fill in this field.
    Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
       Os comentários serão truncados para 1000 carácteres

      Siga-nos  

    facebook2.jpeg      Linkedin.jpeg      Twitter2.jpeg     skype5.jpeg      cadastre-se.jpg