Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Germany - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: Todos os meses, o instituto de pesquisa do mercado GFK publica informações sobre o consumo na Alemanha.  
Perfil do consumidor: A Alemanha está classificada em 10 lugar na Europa, com um rendimento anual médio de 17087 EUR por habitante. Os agregados familiares alemães estão a poupar cada vez mais: 151 mil milhões de euros em 2003, um aumento de 16,4% em 10 anos.  

O consumidor alemão demonstra uma forte propenso para comparar preços e subestimar as lojas de "desconto". Está atento ás ofertas especiais e prontamente se dirige a diferentes lojas para conseguir os melhores preços. Tem critérios muito estritos quando faz uma escolha, de acordo com o tipo de bem que pretende comprar. Para os bens de consumo duráveis, os critérios são, por ordem, a segurança e qualidade, o prestígio, o conforto e a conveniência e o preço. Para os bens do dia-a-dia, o nico factor determinante o preço. Para os bens profissionais, a obsesso pela segurança leva compra de produtos baseados nos critérios da qualidade, fiabilidade, acompanhamento do fornecedor e serviço pós-venda. O preço no um dos critérios dominantes para este tipo de produto. Por outro lado, para o equipamento menos importante ou consumíveis industriais, o factor preço predominante.

Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: Com mais de 82 milhões de habitantes, o mercado alemão o maior da Europa; muito competitivo e segmentado, com a saturação de muitos sectores e produtos; a qualidade e os serviços oferecidos são essenciais. As principais áreas económicas são a Rennia do Norte-Vesteflia, Baden-Vurtemberga, Baviera, Hamburgo, Berlim e Hanver, e ainda Leipzig na antiga Alemanha de Leste.  
Tipos de pontos de venda: A estrutura de distribuição da Alemanha caracterizada por:
  - o grande número de pequenas lojas independentes;
  - o baixo nível de concentração do sector, em comparação com os principais mercados europeus (França, Reino Unido, Bélgica);
  - o predomínio da distribuição nos centros citadinos e áreas urbanas;
- muito poucas lojas estilo "hipermercado";
  - o domínio de lojas de "desconto máximo" e a importância da venda distância (encomendas por correio, comércio electrónico, tele-compras).  

A distribuição alem divide-se entre os seguintes canais de distribuição: comércio a retalho tradicional (24,8%); hipermercados especializados (22%); cadeias de lojas no alimentares (13%); hipermercados de bricolage (11,7%); lojas de desconto (11%); supermercados (7,9%); venda distância (5,8%); grandes armazéns (3,8%). Fontes: Ifo-Institut & destatis

Os três grupos de distribuição líderes na Alemanha são o Metro, o Rewe e o Edeka/Ava. O "desconto máximo" (hard discount) o principal tipo de distribuição de produtos alimentares, registando um crescimento de cerca de 10% e gerando 40% do total das vendas de produtos alimentares. O aumento das lojas de desconto, como o Lidl ou o Aldi, obrigou os distribuidores a combaterem uma guerra de preços. Portanto, as margens insuficientes podem abrandar a modernização das lojas de vendas e o desenvolvimento de novos conceitos de distribuição. As relações entre os distribuidores e os seus fornecedores, tidas como muito difceis, tornaram-se ainda mais tensas. Surgiu uma tendência de concentração e os grupos, como o Karstadt-Quelle e o Edeka-Tengelmann, e as lojas de desconto, como a americana Wal-Mart, estão agora numa forte competição, fazendo cair as margens dos fornecedores.

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: Membro da Uniao Europeia
Membro do Espaco Economico Europeu, que, desde 1 de Janeiro de 1993, garante a livre circulação da maioria dos bens entre os países europeus.
Tratados multilaterais e tratados bilaterais com muitos países.  
Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: Na qualidade de membro da Uniao Europeia, a Alemanha aplica os regulamentos da Comunidade que são válidos em toda a União.

  Se a UE possui uma política de comércio externo liberal, há um certo número de restrições, sobretudo ao nível dos produtos agrícolas, decorrentes da implementação da PAC (Política Agrícola Comum): a aplicação de compensações importação e exportação de produtos agrícolas para favorecer o desenvolvimento da agricultura na UE implica um determinado número de sistemas para controlar e regular os bens que entram no território da UE.
  Além disso, por motivos sanitários, em relação presença de Organismos Geneticamente Modificados, se forem permitidos na Europa, a sua presença deve, por exemplo, ser sistematicamente especificada na embalagem. A importação de carne de vaca com hormonas também proibida. A crise da BSE (chamada "doença das vacas loucas") incentivou as autoridades europeias a reforçar as medidas fitossanitárias, de modo a assegurar a qualidade da carne que entra em circulação nos países da UE. O princípio da precaução está agora mais favorecido: em caso de dívida, a importação proibida até que seja provada a no nocividade dos bens.  

 

Alguns outros bens continuam a ser proibidos ou a estar sujeitos a formalidades específicas, por exemplo, os medicamentos para uso humano, os resíduos, as plantas ou os animais vivos.

Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): O comércio, dentro da UE, de bens originários de um dos 25 Estados-membros totalmente livre de taxas alfandegárias. O comércio consiste na entrega e compra dentro da Comunidade e no nas exportações e importações.
  Os impostos para os países fora da Europa no são muito altos, especialmente para os produtos industriais (4,2% em média para a tarifa genérica).  
Classificação alfandegária : Falando em termos práticos, o código TARIC (composto por 10 dígitos) que permite a definição das taxas aduaneiras, bem como a aplicabilidade dos regulamentos comunitários quando um produto importado de um país que no pertence União Europeia. Para saber qual a taxa aduaneira que recai sobre um produto tendo por base o seu país de origem, consulte a base de dados TARIC.
Procedimentos de importação: Quando as mercadorias provenientes do seio da Comunidade entram na Alemanha, o exportador deve obrigatoriamente preencher, no final do mês, uma declaração de troca de bens (DEB) ou uma Declaração Intrastat.
Website das Alfândegas: Servicos Alfandegarios Alemaes

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: O transporte rodoviário o principal meio de transporte de mercadorias. 268 milhões de toneladas de bens foram transportados por mar em 2004 contra 2767 milhões de toneladas por transporte rodoviário.

  Nas auto-estradas, desde 1995 que está em vigor a cobrança de um imposto sobre os veículos com peso bruto superior a 12 toneladas. As tarifas são fixadas por dia, mês ou ano e consistem numa subscrição que concede ao motorista um certificado que este deve apresentar.  
Aeroportos:
Empresas de transporte marítimo:
Empresas de transporte aéreo:
Empresas de transporte ferroviário:

Listas Comerciais Nacionais

Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres