Página Inicial  > Jordan - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Jordan - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Am
Área:: 89 km2
População total:: 6.407
Taxa de crescimento anual:: 3.22%
Densidade:: 64.81/km2
População urbana:: 78%
População de Am (2.925), Zarqa (792), Irbid (928), Al Rusayfah (200), Al Quwaysimah (130)
Língua oficial: rabe
Outras línguas faladas: A língua adigue, a língua domari, o arménio.  
Língua de negócios: Inglês  
Origens étnicas:: 98% árabes (metade são Palestinianos), 1% Circassianos, 1% Arménios.  
Crenças: Muçulmanos 90%; Cristãos 6%.  
Indicativos telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 00
Para fazer um telefonema para: +962
Sufixo da Internet:: .jo
Tipo de governo::
Reino Ashemita. Uma monarquia constitucional, em que o Rei possui poderes absolutos.
Tipo de economia::
  Economia de médio-baixo rendimento, Mercado Financeiro Emergente  
  Uma economia dependente das exportações de petróleo e da ajuda internacional.  

Panorama Económico

  A Jordânia está classificada pelo Banco Mundial como um "país de médio-baixo rendimento". um país pequeno com recursos naturais limitados. As recentes reformas económicas destinadas a liberalizar o comércio e a atrair investimentos têm permitido Jordânia mostrar um bom desempenho. Até 2007, a taxa de crescimento do PIB manteve-se em cerca de 6%. A pobreza, o desemprego (cerca de 12%) e uma grande dívida externa são os principais problemas do país. A economia jordana continua vulnerável aos choques externos e inquietação regional. Também está muito dependente da ajuda externa. Em 2007, o défice orçamental subiu para mais de 8% do PIB. Isto deve-se principalmente ao aumento dos subsídios para produtos alimentares e energéticos associados a uma diminuição da ajuda internacional.  

A Jordânia foi muito pouco afectada pela crise financeira de 2008 e o país registou um abrandamento económico moderado em 2009. A queda no preço das matérias-primas e dos produtos alimentares básicos em 2008 ajudou a estimular o consumo. No entanto, diminuiu em 2009 devido reducao nas transferências de dinheiro da mo-de-obra emigrada nos países do Golfo que foi afectada pelo abrandamento económico. No contexto da crise económica mundial, as exportações também diminuíram em 2009.

Principais Indústrias

  A agricultura representa cerca de 2% do PIB. A falta de água cria um obstáculo ao desenvolvimento agrícola. As principais colheitas são o trigo, cevada, lentilhas, tomates, beringela, fruta citrina, azeitona e uvas. Os fosfatos e o potássio são os únicos recursos naturais. O sector da transformação bastante limitado e dominado por produtos têxteis, um sector de momento em crise devido concorrência internacional.
  A indústria e as minas contribuem juntos com cerca de 30% do PIB. O governo incentiva os novos sectores das tecnologias de informação e do turismo.
  O sector dos serviços contribui com dois terços do PIB. A Jordânia particularmente activa nos domínios das tecnologias de comunicação e dos serviços financeiros. Os sectores da distribuição e infra-estruturas turísticas também contribuem substancialmente para o PIB, ainda que tenham registado um abrandamento em 2007, registando um crescimento de 5% contra 6,5% em 2006. Os sectores da construo e dos transportes estão em plena expansão.  

Panorama Geral do Comércio Externo

  A Jordânia um país muito aberto ao comércio internacional. A percentagem de comércio externo no PIB do país de cerca de 135%. O país regista um défice estrutural na sua balança comercial devido sua dependência de matérias-primas. A Jordânia membro da OMC e assinou um acordo de livre comercio (ALC) com os EUA em Dezembro de 2001, que suprimiu os direitos aduaneiros sobre a maioria dos bens e serviços até 2010. A Jordânia também assinou um Acordo de Associacao com os Estados Unidos. Os três principais parceiros de exportacao do país são: os EUA, o Iraque e a índia. Os principais produtos exportados são roupas e acessórios, fertilizantes, produtos farmacêuticos e produtos hortícolas. Os três principais parceiros de importação são: a Arábia Saudita, a China e a Alemanha. A Jordânia importa principalmente combustíveis e óleos minerais, veículos, máquinas e equipamentos eléctricos e electrónicos.  

IDE

  A economia jordana beneficiou de um investimento macio por parte dos países do Golfo, que ultrapassou os 74 milhões de dólares em 2002 para 3,1 mil milhões de dólares em 2006. Estes investimentos estão concentrados principalmente na área dos imóveis (residências e comerciais) e em projectos turísticos importantes (hotéis no Mar Morto, marinas e hotéis em Aqaba). Também são importantes no domínio dos serviços financeiros.  

O processo dos programas actuais de investimento, tais como os projectos industriais, imóveis e infra-estruturas, financiados principalmente pelo investimento directo estrangeiro, sustentam a actividade económica. No entanto, as restrições ao crédito externo e a perda de confiança dos investidores podem restringir o novo fluxo de investimento directo estrangeiro, nomeadamente no sector imobiliário.

Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres