Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Argentina - Viajar

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Requisitos Para Entrada

Organizar a Sua Viagem

Meios de Transporte Urbano Recomendados

  O tráfego muito intenso em Buenos Aires, especialmente no centro. Há obediência aos semáforos, mas a utilização dos piscas praticamente desconhecida.
  Tenha muita atenção com os autocarros que se metem sua frente a aos táxis que conduzem muito devagar quando no transportam passageiros e velocidade perigosa quando tomam passageiros.

  Para viajar em Buenos Aires e nos subúrbios, melhor utilizar os transportes públicos (autocarro, comboio, metro) ou um táxi, pois o estacionamento no centro da cidade praticamente impossível. Deve estar atento aos táxis ilegais, especialmente no aeroporto.

  Recomenda-se o uso de táxis; existem muitos em Buenos Aires e são baratos. A tarifa média de 15 pesos.  

 

Mapas de redes urbanas: Mapa do metro

Meios de Transporte Recomendados no Resto do País

  Praticamente no existe uma rede ferroviária de longa distância; os autocarros são o meio de transporte preferido nas províncias. A Grande Buenos Aires servida por uma boa rede de comboios suburbanos.
  Existem sete companhias aéreas a partilhar o mercado e as duas principais são a AEROLINEAS ARGENTINAS - AUSTRAL e a LAN. As ligações entre a capital e as principais cidades provinciais são frequentes. Por outro lado, os voos a ligar as várias cidades provinciais umas s outras são mais escassos. A empresa LADE utiliza avies de hélice em alguns dos seus voos e muitas vezes no cumpre os horários. Uma nova empresa, a SOL, tem voos entre Buenos Aires e algumas cidades.  
Companhias de caminhos-de-ferro: TBA
Companhias Aéreas
Nome Tipo Voos Domésticos Voos Internacionais
Aerolineas Argentina - Austral Principais sim Sim
LAN Principais sim Sim
LADE Principais sim Não
SOL Principais sim Sim

Viajar Sozinho

Recomendação: As estradas são em geral alcatroadas e as principais estão em boas condições.  

Tenha atenção! Comprar gasolina pode ser um problema. A Argentina tem regularmente faltas de gasolina. Aconselha-mo-lo a abastecer o depósito assim que for possível, sobretudo na Patagónia.

O número de pessoas mortas ou feridas nas estradas coloca a Argentina entre os países onde, infelizmente, há mais falta de segurança rodoviária. Recomenda-se, por isso, o maior cuidado se utilizar as estradas argentinas, que, na sua maioria, têm apenas duas vias, o que multiplica os riscos de colisões frontais que são particularmente letais.

Mapas de estradas: Rede rodoviaria argentina
Procurar um itinerário: Itinerarios na Argentina

Visitar

Diversas Opções de Turismo

Histórico: A Argentina um país recente. A História que tem para oferecer está maioritariamente em Buenos Aires, onde existem monumentos e residências antigas para visitar.  
Cultural: Buenos Aires possui uma abundante vida cultural.
  A Corrientes Avenue também se chama Broadway Sul-Americana (espectáculos, peças, etc.).
  Muitos concertos e festivais em exibição nos diversos teatros.
Por fim, a cidade possui uma riqueza em centros culturais, com uma ampla variedade de actividades.
Natureza: O turismo natural o ponto forte da Argentina. Glaciares, montanhas altas, deserto salgado, floresta equatorial, pampas, etc.
Tome nota do El Chalten para muitas caminhadas nos Andes.
Religioso: Lujan
Termas: Muitas cidades termais. As principais so Jujuy e Coln.
Praia: A costa atlântica a sul de Buenos Aires o local preferido da Argentina para as frias de Verão: Mar del Plata, Carilo, Pinamar.  
Desportos de Inverno: Faa esqui em Las Leas e Bariloche. Montanhismo nos Andes.
Actividades ao ar livre: Não há limites! Pode mesmo atravessar o Cabo Horn de caiaque!  
Compras: Há dois tipos de compras em Buenos Aires:
- nos centros comerciais topo de gama
- nos bairros de Palermo e Recoleta
Organizações de Turismo: Secretaria do Turismo da Argentina

Condições de Vida

Saúde e Segurança

Precauções de Saúde: No existem exigências de vacinação para as viagens internacionais. O risco de malária existe apenas na sua forma suave P.vivax; o risco baixo e limitado s áreas rurais ao longo da fronteira com a Bolívia (planícies das províncias de Salta e Jujuy) e com o Paraguai (planícies das províncias de Corrientes e de Misiones). A prevenção recomendada nas áreas de risco a CHL (cloroquina).
  Proteja-se contra a diarreia do viajante (Turista). Os alimentos de alto risco são os pratos prontos a comer frios mais tarde, marisco, carne, peixe mal cozinhados e os legumes crus, bem como a fruta que no tenha sido descascada. A água para consumo deve ser fervida e filtrada ou deve beber-se água engarrafada.
  Se ocorrer um acidente na auto-estrada pública, a pessoa acidentada automaticamente levada para as urgências de um hospital público, onde os primeiros socorros são básicos. Cabe então pessoa acidentada efectuar a sua transferência para uma cínica privada, com a concordância da companhia de seguros.  
Para mais informações sobre as condições sanitárias: Website da Organizacao Mundial da Saude (OMS)

Diferença Horária e Clima

Mapa do fuso horário: Buenos Aires (GMT-2 (Verão austral), GMT-3 (Inverno austral))  
Período do Verão: Período de Verão de Janeiro a Março.  
Clima: O clima varia fortemente consoante esteja no Sul, Ushuaa, com o seu clima polar, ou no Norte, na província de Chaco, com o seu clima equatorial.  

As temperaturas médias em Buenos Aires variam entre os 17C e 29C em Janeiro e os 5C e 14C em Junho.

Comer

Especialidades gastronómicas: Na Argentina, a carne de vaca comida de todas as formas por todo o país:
- Bife de lombo (um bife muito alto e tenro)
- Bife de chorizo (muito popular na Argentina, um bife do lombo cozinhado na prpria gordura)
  A carne de vaca também comida ao estilo Gaucho com Parilladas ou Asados (churrascos), em que os bifes, costeletas, morcelas, chorizo, glndulas timo, etc. são cozinhados na brasa e, claro, como sempre na Argentina, em grandes propores. O acompanhamento ideal para esta deliciosa carne Chimichuri, uma espécie de mostarda argentina baseada em 22 ervas diferentes.

  Outras especialidades são:
- Cordeiro grelhado na brasa
- Queijos de leite de cabra
- Alfajores de Cordoba: Biscoitos recheados com dulce de leche e cobertos com chocolate ou baunilha.
  - Carbonada en Zapallo: Abbora recheada. Aqui, pode encontrar toda a produção argentina. Pode utilizar medalhes de carne de vaca, mas nalgumas áreas costeiras eles são substituídos por peixe.
  - Dulce de leche (leite caramelizado): Este leite caramelizado atravessou as fronteiras sul-americanas há alguns anos. comido com pó, como se fosse compota, espalhado sobre panquecas empilhadas e há chocolates recheados com este doce.
- Matambre (rolo de carne de vaca com ovos bem cozidos): Este um prato tradicional que servido quente ou frio e o nome significa literalmente "mata fome".
  - Parilla: Churrasco Argentino. As pessoas adoram os midos que acompanham este prato. A costeleta servida numa travessa de madeira.
- Rogel de Dulce de leche: Mil folhas feito de dulce de leche.

 

 

Bebidas: Há uma ampla variedade de vinhos argentinos (Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Syrha).  
Tabus alimentares: A carne crua e a carne de cavalo estão quase banidas dos restaurantes tradicionais.  

Conversação

Ter algumas noções: Utilize o serviço travlang para recursos linguísticos.  
Ferramentas de tradução gratuitas:
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres