Página Inicial  > Japan - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Japan - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Tóquio
Área:: 378 km2
População Total:: 126.804
Taxa de Crescimento Anual:: 0.01%
Densidade:: 350.54/km2
População Urbana:: 66%
População de Tóquio (Yokohama, Chiba, Kawasaki .) (33.800), Osaka (16.700), Nagoya (8.300), Sapporo (2.525)
Língua Oficial: Japons (nihongo)
Outras Línguas Faladas: O japonês a sexta língua mais falada do mundo, com mais de 99% da população do país a usa-lo.
Língua de Negócios: O inglês cada vez mais a língua estrangeira mais falada. No entanto, os japoneses, incluindo os dirigentes empresariais, por vezes, apenas têm conhecimentos do inglês básico. Os executivos lêem melhor o inglês do que o falam.
Origens étnicas:: Japoneses 98,5%, Coreanos 0,5%, Chineses 0,4%, outros 0,7%
Crenças: O xintosmo e o budismo são as duas religiões mais difundidas (84% da população). Os japoneses ou seguem uma ou outra, ou ambas.
Indicativos Telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 00
Para fazer um telefonema para: +81
Sufixo da Internet:: .jp
Tipo de governo::
Império com uma democracia parlamentar.
Tipo de economia::
Economia de alto rendimento, membro da OCDE, membro do G8
Segunda maior economia do mundo, que possui o maior número de patentes obtidas.

Panorama Económico

Depois de uma taxa de crescimento de 2,4% em 2005, o PIB teve um crescimento ligeiramente mais baixo: 2% em 2006 e 2,4% em 2007. O país entrou em recesso em 2008, principalmente devido a um declínio da actividade económica nos Estados Unidos (principal parceiro comercial), na Europa (que representa 15% do total de exportações do país) e na Ásia (mais especificamente na China). Além disso, a subida dos preços da energia e dos alimentos contribuiu para a queda da procura interna.
 Com a balança comercial ligeiramente excedentária, o comércio continua a sustentar a economia; e as importações estão a beneficiar da valorização do cliente.
 As contas da administração pública tem um défice enorme, e o nível da dívida pública líquida bastante significativo. Representam 3,7% e cerca de 200% do PIB, respectivamente. por estas razoes que o governo anunciou restrições s políticas orçamentais e monetárias. O desemprego diminuiu até 2007. Desde 2008 que esta taxa tem vindo a aumentar e essa tendência continuar nos próximos anos.

Principais Indústrias

O Japão tem poucos recursos naturais, mas as jazidas de ouro, magnésio, carvão e prata do Japão vão de encontro s suas necessidades industriais. A pesca também uma actividade económica muito importante. Apenas 15% da terra do Japão apropriada para o cultivo. O chá e o arroz são as duas principais culturas. A economia agrícola altamente subsidiada e protegida. A agricultura contribui marginalmente para o PIB e emprega menos de 5% da população activa.

 O sector industrial muito diversificado. As empresas japonesas produzem produtos de base (ao, papel), assim como bens de tecnologia de ponta. O Japão o segundo maior produtor mundial de automóveis e embarcações. O sector industrial contribui com cerca de 30% do PIB. Alguns sectores, tais como o sector automóvel, robótica e microbiologista, são muito competitivos.

 O sector dos serviços representa quase dois terços do PIB.

Panorama Geral do Comércio Externo

O comércio estrangeiro um elemento essencial da economia japonesa. Sob pressão dos diferentes membros da OMC, o mercado japonês tem vindo progressivamente a abrir-se ao comércio internacional desde a Ronda do Uruguai em 1994. No entanto, a Organização Mundial do Comércio recomenda uma maior liberalização comercial, especialmente no sector agrícola. Paradoxalmente, a política comercial japonesa está associada a alguns dos direitos aduaneiros mais baixos do mundo e a extensas barreiras no tarifárias. Consequentemente, foi assinado um Acordo de Livre Comercio com a Sua (o primeiro país europeu a fechar um acordo com o Japão), que isenta 99% das transacções comerciais entre os dois países de direitos aduaneiros durante 10 anos. Os seus principais parceiros comerciais so os Estados Unidos, a China e o Sudeste da Ásia. Em 2008, o Japão apresentou um enorme excedente comercial e provável que mantenha uma balança comercial positiva durante os próximos anos.

IDE

Apesar do aumento do IDE desde meados da década de 90, o Japão continua a ter o menor fluxo de investimentos estrangeiros. De acordo com o UNCTAD World Investment Report (Relatrio do Investimento Mundial da UNCTAD), a potencial atraco do investimento estrangeiro no Japão muito forte em comparação com outros países do mundo, mas o seu desempenho em termos do IDE recebido fraco. De facto, dos 141 países estudados, o Japão está classificado como o 22 país no mundo em termos de potencial atraco de IDE, mas cai para 131 lugar. O país recebe menos IDE desde 2008, principalmente por causa do agravamento das condições para as empresas adquirirem empréstimos.
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (1) Total  
  • Actualmente 2.0/5 Estrelas.
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres
What Others Are Saying
Classificar por
View
  • Actualmente 2.0/5 Estrelas.
Mário João  |  May 24, 2011
Samuel<br/><br/>Este texto sobre o japão tem uma serie de erros que precisam de ser corrigidos. Regards