Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Uruguay - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: Embora o perfil dos consumidores tenha mudado na última década (mais jovens, mais exigentes, mais diferenciados), os Uruguaios continuam conservadores nas grandes compras, como utilidades, mobília, carros ou electrodomésticos.  

Os principais critérios dos consumidores são a segurança, a eficiência e a discrição. No entanto, no hesitam em assumir riscos no respeitante a alimentos, produtos de higiene ou de limpeza.

Perfil do consumidor: A população urbana muito diferente da população rural devido diferença de rendimentos. A população urbana tem um comportamento de consumo mais ocidental, enquanto que a população rural menos exigente e se mostra mais interessada nos produtos tradicionais.

  Os lares das classes média, média-alta e alta investem a maioria dos seus rendimentos na aquisição de mobiliário, actividades de lazer e educação. Os lares das classes baixas concentram-se mais na satisfação das necessidades básicas, principalmente produtos alimentares.  

Os centros turísticos têm a especificidade de ter um consumo luxuoso. O consumidor médio caracterizado pelo seu comportamento conservador.

Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: A principal área comercial do país está localizada em Montevideu e respectivos subúrbios. Os grandes centros comerciais são recentes e encontram-se todos em Montevideu: "3 Cruces Shopping", "Punta Carretas Shopping", "Montevideo Shopping", "Portones Shopping". Outras áreas comerciais importantes são: Punta del Este, Paysandu, Salto e Colónia.  

 

As redes de distribuição tradicional são constituídas por pequenas lojas, na sua maioria empresas familiares espalhadas pelo país. A imagem de um agente grossista improvável e a grande distribuição dominada  pelos importadores-distribuidores que servem as grandes cadeias de retalho e os pequenos retalhistas. O mercado da grande distribuição composto por 3 grandes intervenientes: Disco, Devoto e Tienda Inglesa. Só há um grande armazém, Gant Casino, detido pelo grupo francês com o mesmo nome.

Os produtos industriais semi-acabados ou acabados são comercializados por agentes de distribuição (no existe uma cadeia de distribuição especializada).

Os concessionários estão ainda no início no Uruguai.

Tipos de pontos de venda: Os estudos demonstram que entre armazéns e grandes armazéns, existem 128 pontos de venda (33,7% da facturação), 846 pequenos retalhistas (31,5% da facturação) e 9.151 lojas tradicionais (34,9% da facturação).  

 

As multinacionais detém 75% das grandes cadeias retalhistas. A Dico-Devoto a maior uma vez que detém os supermercados "Disco" (27 lojas), "Devoto" (25 lojas) e os super armazéns "Geant".

Em termos de importância, a seguir a estes três está o grupo "Henderson & Cia" com a cadeia "Tienda Inglesa" (9 lojas), a cadeia "Multiahorro" (30 lojas retalhistas médias), a "Ta-Ta" (20 lojas médias e pequenas), a cadeia "El Dorado" do grupo "Polakof & Cia" localizada principalmente nas zonas rurais (40 lojas, supermercados e pequenas lojas retalhistas)

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: O Uruguai membro da Associacao Latino-americana de Integracao. Também pertence ao Mercosur, e subscreveu um acordo de comércio livre com o México. O país assinou um acordo comercial com 21 outros países na Ronda de São Paulo do Sistema Global de Preferências Comerciais entre pases em desenvolvimento (SGPC).  
Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: O Uruguai tem uma política de importação liberal. No existe qualquer sistema de quotas. necessária licença para a importação de produtos como equipamentos médicos, químicos, bovinos, açúcar, cereais, carne e farinha. Todos os importadores deverão, contudo, estar registados junto do Banco Central e declarar todas as importações por meio do preenchimento de uma declaração de importação. Os certificados de Registo são válidos por 180 dias. fixado um prazo limite para a entrada dos produtos na alfândega.  
Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): O Uruguai aplica o Sistema Aduaneiro Harmonizado (SH)
Classificação alfandegária : O Uruguai aplica o Sistema Aduaneiro Harmonizado, baseado no sistema da Organizacao Mundial das Alfandegas. As taxas aduaneiras são calculadas ad valorem sobre o CIF dos produtos. No entanto, o Uruguai aplica preços mínimos para as importações de têxteis e vestuário. Os importadores têm de pagar a diferença entre o montante da factura e o preço mínimo. As taxas aduaneiras são pagas sobre esse preço mínimo. O Uruguai no faz parte da OMC.

 

O Uruguai membro do MERCOSUR (Mercado Comun del Sur, que compreende a Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai), e que se destina criação de uma zona franca, uma tarifa externa comum e uma zona de circulação livre de produtos, serviços, capitais e pessoas. As taxas aduaneiras entre os países membros foram teoricamente abolidas em 1994, embora com muitas excepções de acordo com o "regime de adaptação" (Regimen de adecuacion).

  A tarifa externa comum (TEC) no abrange todos os produtos; actualmente: apenas 75% das linhas de tarifas beneficiam de uma tarifa nica. Os produtos que ainda no estão abrangidos pelo sistema nos 4 países são: Sectores dos equipamentos, TI, telecomunicações, automóveis e açúcar.

Procedimentos de importação: A AEC aplicada ad valorem sobre o valor CIF dos produtos importados. Esta política aduaneira deve ser abordada com cuidado uma vez que os países aplicam as directivas centrais consoante a sua situação económica. Também importante mencionar que a reexportação dentro dos estados membros no d direito a uma isenção das taxas aduaneiras: Por exemplo, se exportar um produto para o Uruguai e o vender para o Brasil, ter de pagar taxas no Uruguai e posteriormente no Brasil. Para evitar estas situações, vivamente recomendável a utilização das zonas francas  
Website das Alfândegas: Gabinete Nacional das Alfandegas

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: A principal forma de transporte de mercadorias a marítima. O transporte por linhas ferroviárias e estrada também usado, embora em menor medida. O transporte aéreo usado principalmente para mercadorias mais leves.  
Empresas de transporte marítimo:
Empresas de transporte ferroviário:

Listas Comerciais Nacionais

Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres