Página Inicial  > Turkey - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Turkey - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Ancara
Área:: 784 km2
População total:: 77.804
Taxa de crescimento anual:: 1.24%
Densidade:: 96.00/km2
População urbana:: 68%
População de Istambul (12.500), Ancara (3.925), Izmir (2.825), Bursa (1.580), Adana (1.400)
Língua oficial: Turco.
Outras línguas faladas: Há vários outros idiomas altaicos, assim como minorias que falam curdo, grego, Arménio, búlgaro, albanês ou circassiano. Inglês, francês ou alemão são idiomas bastante usados no comércio.
Língua de negócios: O inglês comummente usado nos negócios.
Origens étnicas:: Existem mais de 70 grupos étnicos na Turquia. 75% Turcos, 20% Curdos, 3-4% Circassianos, e alguns Arménios, Gregos, Georgianos, árabes, Europeus de origens Theth e dos Balcãs, Russos...(1-2%).
Crenças: Muçulmanos 96%. Outros: Judeus, Ortodoxos Católicos e Protestantes.
Indicativos telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 00
Para fazer um telefonema para: +90
Sufixo da Internet:: .tr
Tipo de governo::
A Turquia uma república assente numa democracia parlamentar.
  A Turquia um estado "quase-democrático" em manifesta transição. O exército desempenha um papel importante, embora informal, na vida política do país.
Tipo de economia::
Economia de médio-alto rendimento, Membro da OCDE, Mercado Financeiro Emergente

Panorama Económico

A Turquia, um país com 74 milhões de habitantes, tem uma economia em transição, um nível relativamente elevado de dependência da agricultura e da indústria pesada, e um sector terciário em franca expansão. Depois de ter enfrentado um grave crise económica e política em 2001, a Turquia teve uma fantástica recuperação graças a um clima político mais favorável, mas também a reformas monetárias, fiscais e estruturais inspiradas pelo Banco Mundial e pelo FMI. Como tal, a Turquia adoptou um regime de divisa flutuante e concedeu independência total ao Banco Central. A taxa de crescimento do PIB foi elevada nos últimos anos. Em 2009, o crescimento do PIB foi negativo devido ao impacto da crise financeira internacional, mas dever voltar a subir em 2010.
O governo está a seguir uma política de contenção orçamental e de controlo da inflação. No entanto, o ambiente actual torna esta orientação cada vez mais difícil de justificar população. A economia turca também vulnerável devido sua grande dependência das exportações e do investimento estrangeiro. No final de 2007, os investidores estrangeiros detinham 73% da flutuação do mercado de Istambul, um facto que faz temer uma retirada massiva por parte dos investidores e uma deterioração da Lira Turca. A taxa de desemprego explodiu devido crise económica actual, estando nos 15%. A Turquia afectada por apoiar um importante sector informal.

Principais Indústrias

A agricultura na Turquia, que contribui para cerca de 10% do PIB e emprega praticamente um terço da população, ainda padece de baixa produtividade devido a seu sistema de gesto (pequenas quintas). O trigo a principal cultura. O país o terceiro maior exportador de tabaco do mundo e o principal produtor de avelãs (70% da produção mundial). Os recursos minerais são abundantes mas pouco explorados. 
A indústria produtora constitui cerca de 30% do PIB, sendo os sectores têxtil e automóvel as principais actividades. O governo turco d prioridade a projectos de grandes infra-estruturas, especialmente no sector dos transportes, que funcionam maioritariamente segundo o modelo BOT (Construir, Explorar, Transferir). 
O sector terciário contribui para ligeiramente menos de dois terços do PIB. O turismo representa 4% do PIB, com cerca de 13 milhões de turistas por ano.

Panorama Geral do Comércio Externo

Os líderes do comércio estrangeiro da Turquia são as indústrias automóvel e têxtil, seguidas pela indústria alimentar (produtos em bruto e processados), maquinaria e equipamentos e electrónica, respectivamente. A União Europeia , de longe, o principal cliente da Turquia (56,4% das exportações da Turquia). No entanto, o país apresenta um elevado défice comercial devido sua dependência energética da Rússia e dos vizinhos do Médio Oriente. Além disso, tal como o sector dos electrodomésticos, que paradoxalmente uma indústria de grande exportação; muitos componentes (cerca de 80%) são importados para serem subsequentemente montados na Turquia. No obstante os esforços do governo no sentido de favorecer a inovação (nomeadamente com o desenvolvimento de centros de concorrência e com a criação de créditos fiscais para Investigação e Desenvolvimento), as exportações turcas têm um valor acrescentado relativamente baixo. Da mesma forma, as exportações turcas ainda no estão muito presentes nos mercados com grande potencial de desenvolvimento (China ou Europa de Leste) e perdem pela comparação com as exportações alemãs.

IDE

No seguimento da crise económica e política em 2001, que levou ao colapso do seu sistema bancário, a Turquia concluiu um importante plano de estabilização macroeconómica com o FMI em 2002. Desde então, o influxo de IDE no país tem sido enorme. No entanto, o fluxo de IDE diminui em 2008 e prevê-se que siga essa tendência até 2010. Esta queda está associada crise económica mundial e levou recesso da economia turca.

A Turquia um país emergente na arena da economia mundial, acompanhada de um crescimento demográfico significativo. Possui mo-de-obra barata e uma localização estratégica entre a Europa, o Médio Oriente e o Cáucaso. Por fim, um país essencial para o transporte de petróleo do Cáspio e do Médio Oriente para os mercados.
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres