Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

New-Zealand - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: O atendimento ao cliente um elemento importante numa venda. A qualidade do serviço ir algumas vezes depender do tempo de entrega de peças de reposição. Na verdade, existem muitas semelhanças entre os países europeus e a Nova Zelândia, quando se trata de estilos de vida e comportamento de compra. Instruídos e a obter bons rendimentos, gostam de fazer compras e gastar mais tempo a ler do que a ver televisão. Também estão preocupados com estilos de vida saudáveis e em fazer escolhas de compra de alimentos saudáveis. Os Neozelandeses querem produtos de conveniência. Também exigem produtos alimentares saudáveis e salutares. Preocupam-se com a gesto do tempo e com a nutrição.  
Perfil do consumidor: Os consumidores neozelandeses são relativamente abastados, no são particularmente sofisticados, mas diversificados nos seus gostos e interesses. Valorizam o conforto do lar e estão interessados em produtos inovadores e da moda da Europa e dos EUA. Os produtos faa-voc-mesmo e os produtos ao ar livre são também uma área em crescimento para os exportadores.  

O rápido crescimento dos utilizadores da Internet na Nova Zelândia oferece uma perspectiva de desenvolvimento para o marketing electrónico. Os Neozelandeses são alfabetizados, instruídos, cidadãos conhecedores das tecnologias e que estão dispostos a gastar tempo e dinheiro através da Internet.

Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: Uma empresa de importação utilizar os serviços de agentes, distribuidores-importadores ou vender directamente a sua produção e serviços. O uso de agentes permitir vender uma grande variedade de produtos e ter as necessidades do cliente em consideração. As vendas são realizadas através de grossistas e retalhistas. O conceito de compra directa está bem estabelecido na Nova Zelândia. A rede de agentes e importadores/distribuidores conhecida pela sua técnica, serviço, serviço pós-venda e outros serviços úteis para o fabricante.
  Um grande número de filiais de empresas estrangeiras importa directamente da sua empresa-me e depois distribui os seus produtos ou completa a sua produção local.
  O franchising um conceito recente que está a viver um sucesso crescente na Nova Zelândia.  

A tendência do retalho está estagnada desde Dezembro de 2007. Metade das 24 indústrias de retalho tinham modestos movimentos de vendas, subindo ou descendo em nada mais que $4 milhões. O índice de retalho principal (que exclui os quatro sectores ligados aos automóveis) caiu 0,2% (8 milhões de dólares neozelandeses).
  Liderando o decréscimo em Julho de 2008 estiveram as vendas a retalho de veículos a motor, que caíram 5,3% (32 milhões de dólares neozelandeses), e os supermercados e mercearias, que desceram 2% (24 milhões de dólares neozelandeses).

As indústrias que tiveram os maiores aumentos de vendas foram o retalho de vestuário e consumíveis, que subiram 9% (18 milhões de dólares neozelandeses), e os grandes armazéns, que subiram 5,9% (18 milhões de dólares neozelandeses).

Tipos de pontos de venda: A quota de mercado das vendas dos supermercados de 45%, com as empresas Progressive e Foodstuffs a formarem um duplicado com várias centenas de pontos de venda. As vendas feitas por supermercados têm apresentado um crescimento estável durante os últimos anos, mas o número de lojas de conveniência está a aumentar, com um volume sempre crescente de vendas. Os clientes da Nova Zelândia têm uma preferência por centros comerciais, mas as lojas independentes e especializadas têm sido capazes de se adaptar e estão a conseguir angariar clientes com altos rendimentos. H 3 cadeias de grandes lojas a partilharem o mercado: Smith and Caughey's em Auckland, Kirkcaldie and Stains em Wellington e a Ballantynes em Christchurch.

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: Sim
Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: Já no são exigidas licenças de importação para a importação de mercadorias para a Nova Zelândia. O país no impeça restrições ou entraves s importações meramente comerciais. No entanto, existem normas rigorosas relacionadas com a rotulagem, saúde, conteúdo e segurança, bem como restrições rígidas relativas saúde dos animais e plantas vivos.  

 

No permitida a importação de algumas mercadorias. Para mais informações, pode iniciar uma sessão no website das alfandegas.

Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): A Nova Zelândia aplica direitos aduaneiros de 5% em média. As taxas aduaneiras são calculadas em valores sobre o valor do FOB ou sobre taxas específicas. No aso excessivamente elevadas e resultam num nível médio de 15%. São cobradas, no entanto, taxas mais elevadas sobre a importação de produtos têxteis, vestuário, calado, automóveis e pneumático. Nenhum direito aduaneiro imposto aos produtos importados que no possuam equivalente na Nova Zelândia. Algumas importações são económicas e estão sujeitas a um direito aduaneiro especial para protecção da produção local. A Nova Zelândia aplica tarifas preferenciais s importações provenientes da Austrália (tarifa zero), Canadá, Reino Unido e alguns outros países em desenvolvimento.
  Para mais informações, aceda ao website alfandegario.
Classificação alfandegária : A Nova Zelândia adoptou na íntegra o sistema harmonizado de classificação de mercadorias nas pautas aduaneiras.  
Procedimentos de importação: Declaração Alfandegária de Entrada ou Documento Informal de Desalfandegamento (ICD) preenchido junto com os documentos relacionados com o transporte de mercadorias (contratos de transporte: carta de porte aéreo ou conhecimento de embarque); todas as facturas ou documentos relacionados com a importação, os quais devem incluir especificamente uma descrição completa da mercadoria, a moeda de referência, os contactos do vendedor e do comprador, o nome da embarcação ou o número do voo, etc.
  Os procedimentos de importação estão descritos no website das alfandegas e nos Servios Alfandegarios da Nova Zelandia.
  A partir de Julho de 2008, os procedimentos genéricos de Desalfandegamento de importações serão detalhados no website da Autoridade de Segurana Alimentar.
Website das Alfândegas: Alfandega da NZ

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: 99,5% do volume de transporte de mercadorias feito por via marítima. Isto representa 83% das exportações e 75% das importações.  
Empresas de transporte marítimo:
Empresas de transporte aéreo:
Empresas de transporte ferroviário:

Listas Comerciais Nacionais

Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres