Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Poland - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: Apesar de a publicidade na TV, a Internet e a imprensa serem importantes, o vector mais forte ainda a propaganda boca-a-boca. Os polacos estão habituados a fazer as suas compras em qualquer dos 7 dias da semana e a qualquer hora do dia ou da noite. Muitas lojas ficam abertas até muito tarde (22h) e mesmo 24/24h (mesmo no interior). Apesar de existirem muitos e grandes centros comerciais e supermercados e grandes superfícies, o consumidor polaco gosta de fazer compras em diferentes lojas e mercados, ou em lojas locais de tamanho pequeno e médio. No muito importante o facto de um produto ser estrangeiro ou polaco.  
Perfil do consumidor: A média de idades da população polaca 37, e a taxa de desemprego 9,6%. Existem grandes diferenças nos salários consoante a região e o sector de emprego (o maior na UE); o salário médio oficial no fim de 2007 era de 800 EUR. O comportamento do consumidor depende do nível do seu rendimento. O baixo rendimento dos polacos (em média EUR 730 líquidos por mês) explica porque do tanta atenção aos preços. Mas para as classes média e alta (cujos salários são próximos da média da UE 15) a qualidade e a marca são cada vez mais importantes (durante e pós-vendas). As vendas têm-se revelado muito de acordo com a moda.  
Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: Em poucos anos, a distribuição tornou-se praticamente um sector privado, e o número de pontos de venda tem crescido consideravelmente. No entanto, hoje em dia este sector permanece desestruturado, com uma maioria de pequenas lojas em áreas rurais, onde os hipermercados ainda no chegaram. Por outro lado, nas grandes cidades, grandes grupos estrangeiros têm participação em 900 supermercados, sendo inclusivamente 432 de origem estrangeira. Podemos mencionar:
- Real que pertence ao grupo Metro AG e tem 27 lojas,
- Hypernova (grupo Ahold) com 27 lojas,
- Tesco com 37 lojas,
- Auchan, Geant e Carrefour (respectivamente com 19, 17 e 14 pontos de venda).
Entre as lojas de desconto, podemos nomear:
- Biedronka,
- Plus discount, etc.
  A distribuição moderna (hipermercados, supermercados e lojas de desconto) tinha uma quota de mercado no comércio de alimentos de 35% em 2004. Podemos supor que a tendência evoluir favoravelmente para as lojas de desconto e pequenas lojas em pequenas cidades na Polónia.
  Estima-se que, daqui a dez anos, a Polónia ter um sistema de distribuição idêntico ao dos países ocidentais.

  Por outro lado, a distribuição especializada no escapa internacionalização:
  - no sector Faça Você Mesmo (Do It Yourself, DIY), destacamos Leroy Merlin, Castorama...
- para a casa, Ikea, Conforama... estão em cena
- para o desporto, podemos encontrar Dcathlon, Go sport, etc.

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: Membro da Uniao Europeia
Membro da area Economica Europeia que tem garantido, desde 1 de Janeiro 1993, a livre circulação da maioria dos bens entre países europeus.
Acordos multilaterais e bilaterais com muitos países.  
Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: Depois de ter aderido Uniao Europeia em 1 de Maio de 2004, a Polónia segue a politica comercial da UE, incluindo as medidas anti-dumping ou anti-subvenção. O regime de importacao da União Europeia, especialmente no sector txtil, está difundido na Polónia. Como o país integrou muita da legislação comunitária no dia em que aderiu UE, foi definido um período de transição para adaptação do resto dos benefícios comunitários como, por exemplo, a livre circulação de trabalhadores assalariados ou serviços de navegação costeira para alguns estados-membros. Para além disso, foi dado Polónia tempo até 2008 para padronizar as suas autorizações de comercialização para produtos farmacêuticos. Também lhe foi dado tempo até 2005 para padronizar licenças para instrumentos mdicos.
  A UE tem um regime liberal de importação onde no comum ter de obter licenças de importação. No entanto, deve certificar-se de que a importação de um determinado produto no necessita de uma licença de importação.
  Ao nível europeu, os produtos agrícolas são protegidos no enquadramento da politica agricola comum (PAC) e os têxteis vindos da China, Bielorrússia, Coreia do Norte, Montenegro, Kosovo e Uzbequistão estão sujeitos a formalidades particulares e licenças de importação ou procedimentos de controlo (documento de exportação, documento de inspecção).  
Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): As transacções efectuadas dentro do EEE são livres de encargos.
  A Tarifa Aduaneira Comum da União Europeia (TAC) aplica-se a bens de fora da Europa. Em geral, o imposto relativamente baixo, especialmente para bens industriais (4,2% em média).  
Classificação alfandegária : A nomenclatura combinada da Comunidade Europeia (CE) integra a nomenclatura SH e tem, suplementar-mente, oito subdivisões e as suas próprias notas legais, criadas para fins comunitários.  
Procedimentos de importação: Quando bens da Comunidade Europeia são introduzidos na Polónia, o exportador obrigado a preencher, no fim do mês, uma Declaração de Venda de Bens ou a Declaração Intrastat.
  A declaração alfandegária (SAD) ainda está em vigor para o comércio entre a Polónia e outros países.  
Website das Alfândegas: Servicos Alfandegarios

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: Os principais portos da Polónia são Gdansk eSzeczin-Swinoujscie. Têm sido consideravelmente melhorados nos últimos anos, tendo em vista a integração europeia. Em 2003, 51.052.000 de toneladas de carga marítima transitaram através da Polónia.

  Os bens transportados por estrada representaram 74,4 biliões de toneladas-km em 2001.

  A rede de comboios polacos a terceira melhor na Europa pelas suas infra-estruturas, a segunda pelo volume de bens transportado, e o maior empregador na Polónia. As linhas internacionais (Intercity) oferecem excelentes serviços, mas as linhas regionais permanecem fracas. A modernização essencial no que diz respeito a sinalização e material circulante, porque cerca de 40% do tráfego de bens efectuado por comboio (em 2003 foram transportadas por este meio 47.400 milhões de toneladas-km de carga).  
Aeroportos:

Listas Comerciais Nacionais

Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres