Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Egypt - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: O preço continua a ser o factor dominante nas decisões de compra no Egipto. A qualidade o segundo factor mais importante, ainda que tal esteja a começar a mudar. A importância de um serviço pós-venda de boa qualidade dever também ser tida em conta.  
Perfil do consumidor: O mercado egípcio emergente oferece bons pontos de escoamento para mercadorias estrangeiras.  O rápido crescimento da população egípcia uma grande vantagem. Além disso, tendo sido privados durante um longo período de tempo da possibilidade de escolha, os negócios estão constantemente a procurar novos produtos e equipamentos em virtude da globalização. Neste âmbito, mostram uma apetência especial pelas novas tecnologias e, em especial, pela tecnologia de informação. No entanto, adquirem maioritariamente produtos de gama baixa e média devido ao seu fraco poder de compra. Apenas a elite, beneficiando de uma boa situação financeira, tem os recursos necessários para adquirir produtos de uma gama mais alta.  
Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: possível efectuar vendas directas no Egipto. No entanto, a maioria das empresas estrangeiras prefere confiar numa empresa parceira local. Esta opto tem a vantagem de permitir a máxima aproximação possível em relação s expectativas dos consumidores e do mercado. Os agentes comerciais, os distribuidores e os grossistas estão, na sua maioria, registados junto do Ministério da Indústria e do Comércio Externo. A maior parte destes intermediários desenvolve uma actividade de comércio generalista. As concessões tiveram também um crescimento sem precedentes. Embora, no passado, exercessem a sua actividade sobretudo ao nível da restauração (McDonald's, Pizza Hut, Baskin-Robbins e KFC), estão agora a expandir-se para novos sectores, incluindo a hotelaria, a indústria do vestuário, salões de beleza, a distribuição e os serviços.  
Tipos de pontos de venda: O mercado continua a ser dominado por um grande número de pequenas lojas familiares. O desenvolvimento da distribuição em massa uma tendência relativamente recente, servindo apenas uma pequena fraco da população com rendimento suficiente. Neste âmbito, foram abertos muitos mini-mercados privados com uma superfície de loja superior a 100 m2 (Sunny Supermarket, ABC, ALPHA MARKET e METRO). Além disso, implementaram-se várias redes de supermercados no país e, deste ponto de vista, o grupo Carrefour, com cinco supermercados, domina o sector. Uma tendência mais recente o advento dos supermercados de baixo preço. Entre estes incluem-se, por exemplo, o grupo Awlad Ragab e a cadeia Khir Zaman. Em termos de quota de mercado, os supermercados e hipermercados representam 30% das vendas em comparação com os 70% das pequenas lojas familiares.  

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: Existe um tratado de cooperação com a União Europeia em vigor desde 2004, o qual permite que sejam exportados bens industriais para a Europa isentos de direitos aduaneiros. Além disso, foi também assinado um tratado de comércio livre com 4 países da EFTA (Associação Europeia de Comércio Livre) em 2007 e com a Turquia em 2005. O tratado de Agadir entre o Egipto, Marrocos, Jordânia e Tunísia entrou em vigor em Abril de 2007.

O Egipto faz parte da Grande Area de Comercio Livre Arabe (GAFTA), um pacto da Liga dos Estados árabes que entrou em vigor em Janeiro de 2005 e que visa formar uma rea de comércio livre árabe. Por outro lado, o Egipto também pertence ao Círculo Aduaneiro da África Oriental com o Mercado Comum da Africa Oriental e Austral (COMESA), o que dever resultar numa união aduaneira.

  O país assinou um tratado comercial com 21 outros países na Reunião de São Paulo do Sistema Global de Preferências Comerciais (SGPC) entre os países em vias de desenvolvimento.  
Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: No existe sistema de licenciamento, embora a importação de alguns produtos requeira a autorização prévia do Departamento do Tesouro.
  Um dos princípios dificulta-dores que regem as importações a obrigação de expedir as mercadorias directamente a partir do país de origem (decreto 619/98 de Novembro de 1998), impedindo, assim, as mercadorias de serem reagrupadas. No entanto, esta lei foi afrouxada em relação s empresas com filiais noutros países ao permitir-lhes expedir as mercadorias a partir do país da respectiva sede social ou das suas filiais no estrangeiro. Juntamente com este requisito, foi introduzida a obrigação de legalizar os certificados de origem no país de origem das mercadorias.
  Na verdade, alguns produtos continuam a ser banidos, especialmente no que diz respeito aos têxteis e s aves domésticas, e os automóveis têm de ser importados no ano do respectivo fabrico.
  Os bens embalados têm de possuir um folheto de instruções em árabe e todas as instrues de manuseamento têm de estar redigidas em inglês e árabe.  
Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): A taxa de direitos aduaneiros média ponderada de 6,9%  
Classificação alfandegária : O Egipto aplica o Sistema Aduaneiro Harmonizado. Os direitos aduaneiros são calculados ad valorem sobre o valor CIF. A nova estrutura de taxas inclui 6 taxas entre 2% e 40%, em função do grau de transformação do produto. No entanto, existem taxas muito mais elevadas, as quais são aplicadas a mercadorias que, de outra forma, no podem ser importadas (70% para as aves domésticas,  de 600% a 3000% para as bebidas alcoólicas e 54% para os têxteis). Por outro lado, 25 produtos que eram raros no mercado foram isentos de direitos aduaneiros.

  No entanto, a Alfândega egípcia aplica frequentemente o "Preço de Venda Egípcio" para definir o valor das mercadorias. Tal assenta no princípio de que comum ser declarado um preço inferior ao preço real, pelo que este método se baseia no preço da primeira importação do produto para o país para definir um preço "fixo". Se o valor declarado for inferior, a Alfândega aplica o preço "fixo". Por conseguinte, assistimos a um aumento do valor das mercadorias na Alfândega entre 10 e 30% do valor declarado. Esta determinação do valor das mercadorias muitas vezes deixada ao critério dos agentes da Alfândega.  
Procedimentos de importação: Existem restrições documentais significativas: necessário apresentar a factura de venda original e duas cópias da mesma, bem como o certificado de origem original e duas cópias do mesmo. Estes dois documentos têm de ser certificados e autenticados pelo consulado egípcio no país de origem. Em relação ao certificado de origem, necessário especificar que as informações fornecidas são exactas e precisas. Para além disso, são também necessários a nota de embalagem, o documento de conhecimento de embarque com o nome e a morada do remetente e o número de conhecimentos de embarque enviados. Em 1999, o Banco Central do Egipto informou os bancos nacionais de que todas as cartas de crédito devem ser pagas integralmente em numerário pelo importador. também necessária uma descrição completa do conteúdo do produto relativamente aos produtos para os quais são obrigatórias análises.  
Website das Alfândegas: Website da Alfandega egipcia

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: O Egipto embarcou num processo de modernização das suas infra-estruturas de transporte. Neste âmbito, foram lançados muitos projectos de auto-estradas e alguns deles foram concluídos com êxito, como a auto-estrada que liga o Cairo a Ain Sokhna. Da mesma forma, os aeroportos egípcios encontram-se sujeitos a uma renovação completa. O Aeroporto Internacional do Cairo faz parte de um projecto de construo de um novo terminal. De facto, o sector dos transitários encara nesta altura novas perspectivas com a construo de um projecto de contentores na zona oriental de Porto Said.  
Empresas de transporte aéreo:
Empresas de transporte ferroviário:

Listas Comerciais Nacionais

Directórios de empresas:
Agências de comércio e respectivas representações no estrangeiro:
Associações empresariais:
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (1) Total  
  • Actualmente 3.0/5 Estrelas.
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres
What Others Are Saying
Classificar por
View
  • Actualmente 3.0/5 Estrelas.
Flavioo Santoss  |  June 23, 2015