Página Inicial  > United Arab Emirates - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

United Arab Emirates - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Abu Dhabi
Área:: 84 km2
População total:: 4.976
Taxa de crescimento anual:: 2.70%
Densidade:: 52.21/km2
População urbana:: 78%
População de Dubai (1.540), Abu Dhabi (960), Sharjah (1.120), Ajman (226)
Língua oficial: rabe
Outras línguas faladas: Persa, Urdu e Hindustano nas relações com comunidades de expatriados.
Língua de negócios: Inglês
Origens étnicas:: 87% árabes;1,6% Persas;0,5% Balchis; 0,5% Africanos; 0,3% Britnicos; 10,1% outros
Crenças: Religião oficial: Islamismo.
 Muçulmanos Sunitas: 78%; Muçulmanos Xiitas: 18%; Cristãos: 3,5%; Outros: 0,5%
Indicativos telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 00
Para fazer um telefonema para: +971
Sufixo da Internet:: .ae
Tipo de governo::
Federação que une 7 Emirados: Abu Dhabi, Ajman, Dubai, Fujairah, Ras al-Khaimah, Sharjah e Umm al-Qaiwain.
Tipo de economia::
Não com elevados rendimentos
Uma das áreas mais ricas do mundo devido ao sector petrolífero.

Panorama Económico

O crescimento do PIB foi bastante acentuado durante a última década e triplicou entre 2003 e 2008. Foi ligeiramente negativo em 2009 devido baixa do preço do petróleo e crise internacional.

 A economia dos Emirados árabes Unidos (EAU) depende em grande medida da produção de petróleo e de gs (cerca de 36% do PIB) e tem crescido exponencialmente nos últimos anos (especialmente desde 2003) devido ao aumento global dos preços do petróleo e ao aumento das quotas da OPEP. Os EAU possuem o 4 maior PIB per capita no mundo. A inflação foi elevada em 2007 e 2008, mas estabilizou em 2009.  

O governo dos Emirados implementou reformas económicas em várias frentes. Por um lado, para além do petróleo, está a tentar desenvolver outros sectores, como o turismo, os serviços financeiros e o mercado imobiliário. Nesta perspectiva, o Emirado do Dubai multiplicou a criação de zonas francas e está a tornar-se uma plataforma para a reexportação na região. Além disso, os Emirados estão numa importante fase de liberalizacao económica entre si. Criaram, desde 2003, em conjunto com outros países do Conselho de Cooperação Económica do Golfo, uma Zona Franca. Apesar destes esforços, alguns mercados, como os seguros e a banca, permanecem fechados. Além de que algumas leis restritivas no encorajam o investimento directo estrangeiro, que permanece baixo no país.

A taxa de desemprego bastante baixa. Os EAU são um país muito estável em termos políticos. No entanto, a vasta população imigrante originária da índia e do Paquistão pode desempenhar um papel destabilizador. Consequentemente, o governo formulou uma política de compensação em 2002 para diversificar a origem dos migrantes.

Principais Indústrias

O sector agrícola contribui para menos de 3% do PIB. A exploração de matérias-primas contribui para cerca de 36% do PIB. Os Emirados árabes Unidos são o 3 maior produtor de petróleo do mundo. Actualmente, calcula-se que as suas reservas de petróleo e de gás suportem 100 anos de exploração.

 As actividades de fabrico tiveram um crescimento sem precedente nos últimos cinco anos, particularmente nos sectores do processamento de metais, preparação industrial de produtos alimentares, produção de alumínio, cimento e materiais de construo, fertilizantes, indústria petroquímica, fibra de vidro e imóveis.

 O sector terciário contribui para cerca de 40% do PIB e dominado pelo comércio internacional, transportes aéreos, turismo e actividades financeiras.

Panorama Geral do Comércio Externo

Os Emirados árabes Unidos são um país muito aberto. Está entre os 25 principais exportadores e entre os 30 principais importadores de mercadorias. As suas importações cresceram a uma taxa superior a 20%, em média anual, desde 2003. Os Emirados árabes Unidos apresentaram um vasto excedente comercial em 2008 devido subida do preço do petróleo. Em 2009, o país manteve um equilíbrio comercial positivo, mas com um excedente menor. Os principais parceiros comerciais dos EAU são a China, a índia, o Japão e os EUA. Os principais produtos exportados pelo país são hidrocarbonetos, gás natural, peixe seco e tâmaras. Os principais produtos importados pelos Emirados árabes Unidos são maquinaria, equipamento de transporte, produtos químicos e produtos alimentares.

IDE

Os EAU são o principal recipiente de investimento directo estrangeiro da península árabe. Os principais investidores nos EAU são a Grã-Bretanha, o Japão e a índia. Embora o IDE tenha aumentado em 2007, diminuiu em 2008 e em 2009. Esta tendência ir prolongar-se pelos próximos anos. As vantagens dos Emirados incluem o acesso facilitado a recursos petrolíferos, baixos custos energéticos, vontade de diversificação da economia e elevado poder de compra. A principal fraqueza do país o pequeno tamanho do mercado interno.
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres