Página Inicial  > Hong Kong - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Hong Kong - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Hong Kong
Área:: 1,104 km2
População Total:: 7.090
Taxa de Crescimento Anual:: 1.00%
Densidade:: 6.646.74/km2
População Urbana:: 100%
População de Kowloon (2.000), Victoria (980), Tuen Mun (490), Sha Tin (430), Tseung Kwan O (350), Kwai Chung (312)
Língua Oficial: Os idiomas oficiais de Hong Kong são o inglês e o cantons.
Outras Línguas Faladas: O mandarim chinês está a ganhar cada vez mais importância.
Língua de Negócios: O inglês o idioma mais utilizado pelo governo, sistema jurídico e sectores comerciais de Hong Kong.
Origens étnicas:: 94,9% da China, 2,1% das Filipinas, outros 3%.
Crenças: A maioria da população budista. O confucionismo e o terrorismo são amplamente praticados. comum encontrar-se as três religiões no mesmo templo. H uma minoria de Cristãos (660.000), Muçulmanos (90.000), Hindus (40.000), Siques (8.000), Judeus e Zoroastrianos.
Indicativos telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 001
Para fazer um telefonema para: +852
Sufixo da Internet:: .hk
Tipo de governo::
Hong Kong uma Região Administrativa Especial (RAE) da República Popular da China. O seu estatuto definido pela lei fundamental (adoptada em 1990 pela Assembleia Nacional Popular da China), a qual serve como "constituição" do Território e institui o âmbito para o princípio "um país, dois sistemas".
Tipo de economia::
País de alto rendimento
O núcleo financeiro do Sudeste Asiático.

Panorama Económico

O crescimento do PIB alcançou um nível médio de 5% durante o período de 1989 a 2006. Em 2008, o país foi extremamente afectado pela crise financeira devido sua grande dependência de capital estrangeiro e forte financialização da sua economia. Após quatro anos de crescimento constante, a crise financeira global conduziu a economia de Hong Kong a um recesso, durante o terceiro trimestre de 2008. A deterioração do ambiente externo, a qual levou queda das transacções comerciais em Hong Kong, causou uma descida significativa na procura interna. O consumo privado tem vindo a cair desde 2008, uma tendência que deve continuar nos próximos anos. Prevê-se que o indicador de preços acompanhe esta tendencial baixista. O crescimento económico tinha viabilizado uma melhoria evidente do mercado de emprego. Este mercado sofreu uma deterioração considerável, sobretudo no sector dos serviços financeiros, e no se espera a sua recuperação antes de 2011. Devido queda significativa da procura global e interna, a preço inflacionaria (4,3% em 2008) abrandou em 2009.

Principais Indústrias

Dada a quase inexistência do sector agrícola, Hong Kong tem de importar 80% dos seus recursos alimentares. Hong Kong no tem recursos naturais e depende inteiramente de importações de matérias-primas e energia. A contribuição da agricultura para a economia praticamente nula.
 A contribuição da indústria transformadora para o PIB muito baixa. Os principais sectores industriais do país são os têxteis, o vestuário e os componentes electrónicos.
 O sector terciário, em particular, os serviços financeiros, o núcleo da actividade económica e contribui em cerca de 90% para o PIB. Hong Kong um centro de serviços para empresas asiáticas, especialmente para as que transaccionam com a China. Adicionalmente, a indústria do turismo está em grande expansão devido, principalmente, ao aumento exponencial do número de visitantes da China Continental.

Panorama Geral do Comércio Externo

Hong Kong está entre os primeiros quinze exportadores de serviços comerciais e entre as quinze economias comerciais do mundo. A economia de Hong Kong considerada um modelo de capitalismo devido ao seu compromisso com o comércio livre. O comércio externo foi intensamente promovido nestes últimos anos. Sustentadas pela fora do comércio com a China e pela debilidade do dólar, a exportação e a importação de mercadorias cresceram 10%. No entanto, notou-se uma queda do comércio em 2009 e o défice comercial de Hong Kong agravou-se. Esta tendência deve continuar em 2010.
 Os principais parceiros comerciais da ilha são a China, o Sudeste Asiático e o Japão.

IDE 

De acordo com o "Relatrio de Investimento Mundial de 2007", publicado pela Conferencia das Nacoes Unidas para o Comercio e Desenvolvimento, Hong Kong manteve a segunda posição na Ásia e a sétima no mundo em matéria de investimento directo estrangeiro. Hong Kong, em conjunto com a China Continental, tem representado mais de metade do IDE na Ásia. Segue-se a Singapura (USD 24,2 mil milhões), Índia (USD 17 mil milhões), Tailândia (USD 9,8 mil milhões) e Taiwan (USD 7,4 mil milhões).
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres