Página Inicial  > Morocco - Panorama
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Morocco - Panorama

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Introdução

Capital:: Rabat
Área:: 447 km2
População total:: 31.627
Taxa de crescimento anual:: 1.19%
Densidade:: 69.15/km2
População urbana:: 56%
População de Casablanca (3.975), Rabat (1.850), Fs (1.080), Marraquexe (840), Agadir (700)
Língua oficial: árabe
Outras línguas faladas: 60% da população fala árabe marroquino, enquanto 30 a 40% falam o berbere dos antigos egípcios. Para além disso, importante salientar que o francês a segunda língua de Marrocos e ocupa um lugar muito importante na vida pública. Por fim, o espanhol também falado no Norte do país. O berbere encontra-se generalizado e o inglês utilizado principalmente pelos Marroquinos que estudaram no exterior (principalmente nos Estados Unidos).
Língua de negócios: O francês utilizado com o árabe para efeitos administrativos.
Origens étnicas:: Não há estatísticas oficiais, mas segundo as estimativas, cerca de 60% da população de origem berbere (40% utilizam a língua berbere). 
Deste modo, os árabes constituem cerca de 40% da população. Existem poucas comunidades minoritárias de Haratines e Judeus.
Crenças: O Islão a religião do Estado, praticada por quase toda a população, mas há liberdade religiosa. 90% dos Marroquinos são Sunitas, do rito Malikian. Existe uma minoria de Judeus.
O dia marcado por cinco chamadas oração. o muezim que anuncia as chamadas para oração do alto das almôndegas. Durante o más do Ramado, os marroquinos entram em jejum, no bebem e no fumam desde o amanhecer até ao anoitecer.
Indicativos telefónicos:
Para fazer um telefonema de: 00
Para fazer um telefonema para: +212 + 6 para telemóvel ou 212 + 5 para telefone fixo.
Sufixo da Internet:: .ma
Tipo de governo::
Reino monárquico constitucional com um parlamento eleito.
Tipo de economia::
País com um rendimento médio (escalo inferior), mercado financeiro emergente
Possui as maiores reservas e o líder mundial na exportacao de fosfato; o turismo um sector chave.

Panorama Económico

Durante os últimos anos, a economia marroquina caracterizou-se pela estabilidade macroeconómica, associada baixa inflação e a um crescimento económico relativamente lento. O governo continua a adoptar reformas económicas e a perseguir o ímpeto da liberalização económica, a fim de estimular o crescimento e criar empregos.
 A taxa de crescimento do PIB está a enfrentar problemas para estabilizar. No entanto, a solidez da economia essencial de Marrocos e a crescente atractividade do reino Sharifian asseguram que, apesar da crise financeira, o país vai continuar a apresentar um crescimento do PIB nos próximos anos. No entanto, este crescimento ser insuficiente para diminuir a pobreza e reduzir a taxa de desemprego significativa. A economia do país continua muito dependente do sector agrícola, que extremamente vulnerável seca. As dívidas externas significativas e o balanço orçamental, que altamente deficitário, também são motivos de preocupação.

Principais Indústrias

O sector agrícola predomina em Marrocos, empregando quase metade da população activa, o qual contribui com cerca de 13% para o PIB. As principais culturas do país são os cereais, frutas e legumes. O crescimento económico depende excessivamente deste sector. Marrocos tem poucos recursos minerais, sendo os fosfatos a sua maior riqueza. A indústria contribui com cerca de um terço do PIB, graças aos sectores têxtil, de produtos em couro, de processamento de alimentos, de refinação de petróleo e de montagem de componentes electrónicos. 
O sector terciário contribui com cerca de 60% do PIB e depende exclusivamente do turismo, que continua a ser muito dinâmico, apesar da desaceleração económica provocada pelos atentados de 11 Setembro de 2001 e de Casablanca em Maio de 2003. Além das concessões atribuídas a inúmeros serviços públicos nas grandes cidades, o país liberalizou recentemente os regulamentos de exploração de petróleo e gás. Os concursos públicos tornam-se assim cada vez mais transparentes.

Panorama Geral do Comércio Externo

O défice comercial de Marrocos agravou-se consideravelmente em 2008, principalmente devido ao aumento das importações de cereais relacionadas com os baixos níveis de precipitação registados nesse ano e a elevada factura energética. Logo, o aumento das exportações no conseguiu compensar o aumento das importações. No entanto, a queda dos preços do petróleo dever absorver o défice comercial nos próximos anos.
Os dois principais parceiros de exportacao de Marrocos são a União Europeia e os Estados Unidos. As principais mercadorias exportadas são roupas e acessórios, maquinaria eléctrica, químicos inorgânicos, peixe e marisco. 
Os principais parceiros de importação do país são a União Europeia e a China. O país importa principalmente combustíveis e lubrificantes, maquinaria e equipamento eléctrico e electrónico, veículos, ao e ferro.

IDE

Em 2008, Marrocos atraiu 1,5 mil milhões de dólares americanos de IDE contra os 2,7 mil milhões em 2007. No entanto, esta diminuição menos acentuada do que em países comparáveis, devido aparente resistência da economia marroquina contra a crise. ainda mais notável porque havia poucas privatizações. 
De facto, no passado, Marrocos debruou-se essencialmente sobre o plano nacional de privatizações, na converso da dívida externa para investimentos e nas operações de concessão de serviços públicos. Nos últimos anos, as autoridades marroquinas conseguiram atrair um fluxo relativamente substancial de activos estrangeiros. Outros sectores têm sobressaído, incluindo os sectores bancário, turístico e energético. Também são visíveis alguns investimentos industriais. No entanto, o nível de IDE continua pequeno e poderia contribuir mais para o avanço da economia do país.
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres