Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Colombia - Comprar e vender

Contents extracted from the comprehensive atlas of international trade by Export Entreprises

Atrair a Atenção dos Consumidores

Oportunidades de Marketing

Comportamento do consumidor: Apenas uma minoria da população colombiana (20%) possui um elevado poder de compra, sendo o preço a consideração mais importante para a maioria dos consumidores colombianos.
Todos os anos, o grupo RADDAR publica um estudo completo sobre os hábitos e perfis de consumidor dos colombianos, sendo possível encontrar a verso mais recente através deste link.
Perfil do consumidor: O consumo das famílias colombianas incide sobretudo nos bens de primeira necessidade e na educação.
  Os colombianos são fortemente influenciados pela moda, pelas marcas e pelas promoções, mas existe também uma forte influência das tradições nos hábitos de consumo.  
Principais agências publicitárias:

Rede de Distribuição

Evolução do sector: O Governo colombiano introduziu uma política atractiva para os investidores estrangeiros, especialmente no sector da distribuição. Esta abertura económica favoreceu o entusiasmo dos colombianos em relação a produtos importados, ainda que esta tendência diga sobretudo respeito classe social dotada de um elevado poder de compra.
  A Colômbia oferece aos consumidores uma gama completa de canais de venda. Esta gama inclui o método tradicional através do qual os grossistas vendem os produtos s lojas tradicionais, denominadas "tiendas", as quais, por sua vez, os vendem ao público em geral. No entanto, também inclui métodos mais sofisticados, tais como grandes superfícies e hipermercados, os quais se tornaram rapidamente bastante populares.
  A maioria dos artigos importados, especialmente em relação ao imobilizado e s matérias-primas, adquirida por agentes e distribuidores, sendo os artigos domésticos importados directamente pelas empresas.  
Tipos de pontos de venda: As zonas comerciais mais importantes encontram-se localizadas nas grandes cidades: Bogot, Medelln, Cali, Barranquilla, Bucaramanga, Cartagena e Pereira.
  A distribuição tradicional, simbolizada pelas mercearias locais e por outras pequenas lojas denominadas "tiendas", testemunhou a chegada das redes de distribuição modernas: supermercados, hipermercados e centros comerciais. Hoje em dia, estes novos circuitos abrangem 60% do sector da distribuição. Os líderes da distribuição em massa no país são: o grupo Casino, o qual detêm as lojas Exito (mais de 250 pontos de venda), e o Carrefour (mais de 35 pontos de venda).
  As perspectivas de desenvolvimento do comércio electrónico são promissoras.
  O Governo colombiano alcançou resultados encorajadores no seu esforço de luta contra o contrabando.  
Organizações nos sectores:

Procedimentos de Acesso ao Mercado

Cooperação económica: A Colômbia assinou muitos acordos comerciais internacionais. Consulte a lista dos principais acordos no website do Ministerio do Comercio.

- Associação Latino-Americana de Integração - ALADI
  - Comunidade Andina - CAN - Colômbia, Equador, Peru e Bolívia)
- CAN - Mercosul
  - América Central e Caraíbas
  - ACL - Acordo de Comércio Livre entre a Colômbia e o Chile
  - ACL entre a Colômbia, El Salvador, a Guatemala e as Honduras
  - ACL entre a Colômbia, o Peru e o Canadá
  - ACL G2 - Grupo dos dois - Colômbia e México
  - ACL entre a Colômbia e o Peru - EFTA
  - ACL entre a Colômbia e os Estados Unidos
- Acordo comercial CAN - UE

Barreiras não relacionadas com as pautas aduaneiras: Todas as mercadorias importadas têm de ser registadas junto do Ministerio do Comercio Externo (Mincomex) num formulário denominado "Registro de Importacin", no valor de 21.500 pesos (cerca de 11 dólares americanos). A maioria   dos produtos obtm autorização automática de importação se for apresentado este formulário (importações com o procedimento "Registro"). No entanto, existe um determinado número de mercadorias (especialmente produtos agrícolas) que est sujeito a licena (importaes com o procedimento "Licencia").
  As autorizações de importação (automática e licenciada) são válidas durante 6 meses, excepto em relação aos seguintes produtos: imobilizado - 12 meses; géneros alimentícios perecíveis - 2 meses. As mercadorias têm de ser reclamadas na Alfândega antes do fim da data de validade da licença.
  Além disso, alguns produtos estão sujeitos a medidas fitossanitárias e o importador dever estar registado junto de um determinado número de organizações: o Instituto Colombiano Agropecuário, em relação a plantas e produtos animais, o INVIMA, no caso de medicamentos, roupa interior médica e cosméticos, e o Ministerio dos Transportes, relativamente a todos os tipos de veículos. Alguns produtos agrícolas apenas podem ser importados após obterem uma autorização do Ministerio da Agricultura e desde que o importador também adquira produtos locais idênticos. De acordo com as condições locais, também possível que o Ministério no permita a importação de determinados produtos durante um certo período.
  proibida a importação de veículos, pneus, vestuário em segunda mo e brinquedos violentos. A importação de armas está estritamente limitada ao exército.  
Direitos aduaneiros médios (excluindo produtos agrícolas): 12%
Classificação alfandegária : A Colômbia aplica o Sistema Aduaneiro Harmonizado. Os direitos aduaneiros são calculados ad valorem sobre o valor CIF. O sistema de direitos aduaneiros (4 taxas) foi fixado no âmbito do PACTO Andino, sendo aplicável Colômbia, ao Equador e Venezuela. A Bolívia está autorizada a utilizar taxas de 5% e 10% e, de momento, o Peru beneficia de uma isenção.  
Procedimentos de importação: Para além da declaração da Alfândega (DAU) 2 habitualmente necessária para todas as mercadorias expedidas, as remessas enviadas para a Colômbia têm de ser acompanhadas pelos seguintes documentos:
  - A factura comercial em quadruplicado; esta tem de ser emitida em espanhol para efeitos de preferência e indicar, para além dos dados habituais: o valor ou valor de câmbio das mercadorias em dólares americanos e o número de documentos de "registro de importacin" (o certificado de registo de importação) enviado para o exportador pelo consignatário colombiano.
  - O certificado de origem. O mesmo baseia-se no formulário da Comunidade.
  - O certificado de no contaminação por radioactividade, necessário para os produtos agrícolas alimentares e especialmente para o leite, sendo este certificado emitido pela Direcção Departamental dos Serviços de Veterinária.
  - O certificado fitossanitário, necessário para a fruta, os legumes, as sementes e outras plantas, sendo o mesmo emitido pelo Serviço Regional para a Protecção das Plantas.
  - O certificado de saúde emitido pela Direcção Departamental dos Serviços de Veterinária.
  - O certificado de venda livre em relação a produtos cosméticos.
  Outros produtos poderão estar também sujeitos apresentação de certificados de venda livre para poderem ser registados na Colômbia.  

A Colômbia aplica o Sistema Aduaneiro Harmonizado. Os direitos aduaneiros são calculados ad valorem sobre o valor CIF. A escala de direitos aduaneiros (4 taxas) foi fixada no âmbito do quadro do Pacto Andino, sendo aplicável na Colômbia, no Equador e na Venezuela. A Bolívia está autorizada a utilizar taxas de 5% e 10% e o Peru beneficia, de momento, de uma isenção.
  - aplica-se uma taxa de 0% em relação importação de produtos agro-químicos, papel e obras e publicações científicas e culturais.
  - aplicada uma taxa de 5% no que diz respeito importação de  matérias-primas e de imobilizado e equipamento intermédio no produzidos na Colômbia.
  - o imobilizado e equipamento intermédio produzidos na Colômbia estão sujeitos a taxas de 10% e 15%.
  - aplicada uma taxa de 20% em relação aos bens de consumo.
  Existem excepções, especialmente para os automóveis, taxados a 35%, bem como para alguns produtos agrícolas (milho, arroz, açúcar, aves domésticas, etc.), os quais são abrangidos pelo regime de "escalo de preço", um sistema variável de direitos aduaneiros. Este sistema, implementado pelo Pacto Andino, determina os preços mínimos e máximos e um preço de referência calculado sobre o CIF. Se o preço de referência, calculado data da importação, foi inferior ao preço mínimo, aplicada uma sobretaxa; caso contrário, os direitos aduaneiros são reduzidos.
  Apesar destas regras fixas, calcular os direitos aduaneiros na Colômbia algo complicado devido aos inúmeros acordos que o país assinou. Existem cerca de dez tarifas possíveis para determinadas mercadorias.
  Para obter mais informações sobre os direitos aduaneiros na Colômbia, pode consultar o website da Alfndega colombiana (em espanhol).

 

Organização do Transporte de Bens

Organização do transporte de bens da origem para o destino e vice-versa: O transporte de mercadorias dentro do país maioritariamente efectuado por via rodoviária. Para obter mais informações, consulte o website do Ministerio dos Transportes.

As mercadorias importadas têm de ser acompanhadas pelos documentos de transporte, pela nota de embalagem e pelo seguro de transporte. Os regulamentos colombianos obrigam a fazer um seguro das remessas enviadas para o país. As embalagens de madeira que entrem na Colômbia têm de ser tratadas (fumigadas) e marcadas com o NIMP n. 15 padrão.

Empresas de transporte aéreo:
Empresas de transporte ferroviário:

Listas Comerciais Nacionais

Agências de comércio e respectivas representações no estrangeiro:
Copyright © 2016 Export Entreprises SA, Inc. All Rights Reserved.
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres