Página Inicial  > Observações finais - Manual de Gestão de Empresas Familiares do IFC
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Observações finais - Manual de Gestão de Empresas Familiares do IFC

Provided by IFC Corporate Governance


As empresas familiares são a coluna vertebral e principal factor de crescimento em muitas, se não em todas economias. Devido à sua natureza, muitos negócios enfrentam desafios adicionais para os quais a sua contraparte têm de lidar. Alguns desses desafios podem ser abordados adoptando uma boa estrutura de gestão empresarial. Esta estrutura de gestão deve definir claramente os papéis, responsabilidades, direitos, e interacção entre o principal corpo de gestão da empresa.

A responsabilidade da tarefa de gestão numa empresa familiar geralmente é partilhada pelos proprietários, o conselho de administração e os gestores de topo. Porém, os membros da família provavelmente têm maior responsabilidade em assegurar que o seu negócio seja gerido de formas que façam com que o mesmo seja viável e sustentável a longo prazo. Para além disso, o dever dos membros da família não está apenas limitado à gestão da sua empresa, são também responsáveis pela gestão da sua família e pelo relacionamento com o negócio. Estabelecer antecipadamente um sistema de gestão familiar sólido no ciclo de vida da família irá ajudar a antecipar e resolver potenciais conflitos entre os membros da família no que concerne a assuntos empresariais. Isto fará com que seja possível aos membros da família concentrarem-se em outros assuntos importantes tais como o crescimento do negócio.

Em adição à sua própria gestão, os membros da família devem estabelecer uma estrutura adequada para o conselho de administração da empresa assim como para os gestores de topo. Um conselho de administração habilitado, independentemente predominante, e bem organizado faria com que fosse possível estabelecer a estratégia certa da empresa em supervisionar o seu desempenho de gestão. Também, uma gestão profissional e bem dirigida é essencial para o funcionamento das actividades quotidianas da empresa. A escolha dos directores e gestores de topo deve ser baseada nas suas qualificações e desempenho e não nos seus laços familiares.

Finalmente, é muito importante que as famílias no negócio tenham o conhecimento da importância desses assuntos e comecem a construir uma boa estrutura de gestão empresarial o mais rapidamente possível. Esperar que a família aumente e as suas operações empresariais se tornem mais complexas faria com que fosse difícil abordar os conflitos já existentes entre os membros da família. Uma estrutura de gestão clara e atempada faria com que fosse mais fácil manter a coesão da família e interesse dos membros da família e dos seus negócios.

Copyright © 2016 IFC Corporate Governance.  All Rights Reserved. 

 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (0)
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres