Página Inicial  > Gestão de dívidas
 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico

Outras traduções

Gestão de dívidas

Adapted from content excerpted from the American Express® OPEN Small Business Network


Para o desenvolvimento de um negócio, ter um nível administrável de dívidas pode representar um modo efectivo de fazer negócios. Enquanto alguns proprietários de pequenas empresas se orgulham do facto de nunca terem contraído dívidas, nem sempre isso reflecte a realidade. Geralmente, o crescimento requer um capital considerável e a obtenção desse montante pode obrigá-lo a recorrer a um empréstimo bancário, um crédito pessoal, uma linha rotativa de crédito, um crédito comercial, ou a qualquer outra forma de financiamento por endividamento.

A pergunta para muitos dos proprietários de pequenas empresas é: O que significa um grande endividamento? A resposta para essa pergunta consiste numa análise cuidadosa do fluxo de caixa e das necessidades específicas tanto do seu negócio como do seu ramo. As directrizes abaixo irão ajudá-lo a analisar se o endividamento é uma boa ideia para sua empresa.

Explore as razões para solicitar um empréstimo

Há várias situações que justificam a contracção de uma dívida. Em geral, a contracção de uma dívida pode ser uma boa ideia caso precise de melhorar ou proteger o fluxo de caixa ou financiar o crescimento ou expansão. Nesses casos, o custo do empréstimo pode ser menor que o custo de financiamento desses movimentos através da receita corrente. Algumas razões comuns para recorrer a um empréstimo incluem:

  • Capital circulante – quando pretende aumentar a mão-de-obra ou aumentar as existências.
  • Expansão para novos mercados – quando as empresas entram em novos mercados geralmente enfrentam um ciclo mais longo de cobranças ou devem oferecer condições mais favoráveis aos novos clientes; os fundos de empréstimo podem ajudar a superar este período.
  • Aquisições de capital – poderá precisar de financiar novos equipamentos para entrar num novo mercado ou expandir a sua linha de produtos.
  • Melhorar o fluxo de caixa – se tiver uma dívida de longo prazo que liquidará em menos de 10 anos, o refinanciamento pode melhorar o fluxo de caixa.
  • Desenvolver um histórico ou relacionamento de crédito com um credor – caso não tenha contraído uma dívida anterior a solicitação de um empréstimo pode ajudar a desenvolver um bom histórico de reembolso e pode ajudá-lo a obter financiamento no futuro.

Elabore um plano eficaz

Antes de solicitar um empréstimo ou qualquer outro tipo de financiamento por endividamento, deverá dedicar algum tempo ao planeamento das suas necessidades de capital. A pior época para contrair qualquer tipo de dívida é durante uma crise. Uma súbita perda do crédito comercial, a incapacidade de cumprir com o pagamento de obrigações, ou outra emergência podem de imediato obrigá-lo a contrair uma dívida, o que poderá resultar em condições altamente desfavoráveis. Um plano irá permitir que estime as suas necessidades de capital, permitindo-lhe determinar quando e de quanto precisará. Isso dar-lhe-á um prazo suplementar para explorar todas as possíveis fontes de empréstimo e negociar as condições mais favoráveis. Um plano de capitalização deve consistir numa análise completa do balanço para o ajudar a analisar o fluxo de caixa, o activo e o passivo. Também deverá elaborar uma declaração pró-forma, ou seja, um balanço projectado para os próximos 1 a 3 anos.

Compare o endividamento a curto prazo em relação ao endividamento a longo prazo

Da mesma forma que deve ter a certeza que está a obter um empréstimo pelas razões certas, deve também ter a certeza que está a obter o tipo de empréstimo correcto. Por exemplo, obter um empréstimo a curto prazo quando necessita de um empréstimo a longo prazo, poderá rapidamente criar-lhe problemas financeiros, já que pode ser forçado a tomar medidas desnecessárias (como vender uma parte do negócio) para cumprir com as suas obrigações.

Em geral, solicite empréstimos a curto prazo para necessidades a curto prazo. Isso ajudá-lo-á a evitar despesas com juros elevados e com as condições mais restritas dos empréstimos a longo prazo. Caso esteja a registar um aumento rápido e temporário nas vendas – por exemplo devido ao aumento da procura sazonal – então deve optar por um empréstimo a curto prazo. Se o crescimento continuar por muito tempo, considere as opções mais longas como uma linha de crédito em expansão baseada nas vendas, dívidas de terceiros ou níveis de existências. O prazo do seu débito não terá impacto no seu rácio de endividamento. Porém, poderá constatar mudanças nos indicadores de liquidez como o rácio corrente, já que o passivo corrente inclui apenas a dívida que deve ser reembolsada dentro de um ano, e não a dívida a pagar em datas posteriores. Portanto, empréstimos mais longos podem afectar positivamente o seu rácio de liquidez.

Baseie um novo endividamento nas necessidades actuais

Quando as taxas de juro são baixas e o financiamento é económico, poderá sentir-se tentado a contrair empréstimos para comprar equipamentos ou fazer outras aquisições de capital. Se for esse o caso do seu negócio, baseie a sua decisão somente nas necessidades actuais. A possibilidade de as taxas aumentarem não é razão para empregar esse dinheiro em algo que não necessita. Por exemplo, se a sua empresa necessita de mais equipamentos informáticos, poderá solicitar um empréstimo e fazer a compra. Mas comprar mais computadores agora, porque os mesmos serão mais caros no próximo ano não é justificação. Poderá acabar por comprar equipamento que não necessita e contrair dívidas que mesmo assim é obrigado a liquidar.

Copyright © 1995-2016, American Express Company. All Rights Reserved.

 Partilhar  Versão para impressão  Correio Electrónico
ComentáriosAvaliações (1) Total  
  • Actualmente 4.0/5 Estrelas.
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas abaixo para avaliar este item
   Os comentários serão truncados para 1000 carácteres
What Others Are Saying
Classificar por
View
  • Actualmente 4.0/5 Estrelas.
Bryan Roland  |  May 10, 2016
oferta de empréstimo: Precisa de um empréstimo por qualquer motivo? deveres BARCLAYS toque partes interessadas serviço de empréstimo de hoje, a empresa Contact Email: barclaysloanservice247@yahoo.com Oferecemos empréstimos privados, comerciais e pessoais com muito mínima taxa de juros anual de apenas 3% por 1 ano a 35 anos período de duração do reembolso de todas as partes do mundo. Damos empréstimos de US $ 5.000,00 a US $ 25.000.000,00. Peças deveres de contacto interessados ​​a empresa via e-mail para mais informações: Empresa de e-mail para contato: barclaysloanservice247@yahoo.com Credor Nome: Sr. Roy Smith (consultor de empréstimo) Esperamos que a sua PATROCÍNIO E APLICAÇÃO EM BREVE.